Publicado em

10 passeios inesquecíveis para curtir o verão em Cancun

Qual a melhor época para ir a Cancun?

O verão em Cancun é mais quente, mas as temperaturas são agradáveis o ano todo.

Quando se fala em férias, principalmente na época mais quente do ano, é fácil se lembrar do verão de Cancun. Afinal, são muitas praias e passeios que têm tudo a ver com a estação.

Para quem pretende visitar o local, é evidente que essa é a melhor época. Em julho, mês no qual é verão no México, a zona hoteleira está cheia de turistas de todos os lugares do mundo. A temperatura média é de 29 graus Celsius.

Como Cancun é quente o ano todo, os meses de dezembro a fevereiro, mesmo sendo inverno no local, são considerados de alta temporada. A temperatura é mais amena, mas ainda é alta – média de 24 graus Celsius. Para os brasileiros, é uma época favorável, em função das férias escolares, festas de fim de ano e recesso das empresas.

Os meses do spring break – março e abril – também são considerados excelentes para quem deseja ir a Cancun. Em muitos países, esse é um período de recesso e é bastante comum ver grupos de jovens norte-americanos que procuram muita diversão neste paraíso.

Como você pôde perceber, Cancun é receptiva para turistas o ano todo. Uma atenção especial, no entanto, deve ser dada ao período de furacões, do início de junho ao final de novembro, com ápice em setembro e outubro.

Isso não significa, entretanto, que haverá furacões. As chances são maiores de o fenômeno ocorrer durante esses meses. Nos últimos anos, isso não tem acontecido, deixando turistas e pessoas que lidam com o turismo no local bem mais aliviados.

Ainda nesse período de furacões, também nos meses de setembro e outubro, as chuvas são frequentes. Por isso, ela pode atrapalhar um pouco os planos dos viajantes. No entanto, quem viaja no verão também corre o risco de enfrentar dias chuvosos.

Você agora já sabe a melhor época para viajar. A seguir, conhecerá 10 sugestões de passeios incríveis para tornar o verão em Cancun muito mais rico e cheio de memórias incríveis.

10 passeios inesquecíveis para curtir o verão em Cancun

Falar em verão em Cancun é bem subjetivo, afinal, como você viu no tópico anterior, as temperaturas são quentes o ano todo. Conheça agora 10 passeios imperdíveis para essa época.

1. Cenote Ik Kil

O cenote possui dimensões impressionantes, fica a 2 horas da zona hoteleira e tem uma excelente infraestrutura.

Você que acompanha os textos do blog, sabe que os cenotes são muito comuns de serem encontrados no México – há milhares deles no país. Os poços naturais com água bem cristalina atraem muitos turistas, que se encantam com a beleza e a possibilidade de viver uma experiência única.

Alguns cenotes são fechados ao público em geral, mas esse não é o caso do Ik Kil, um dos mais famosos da região. Localizado próximo ao Chichen-Itzá, é perfeito para ser incluído em seu roteiro de viagem de verão para Cancun no mesmo dia de visitação do sítio arqueológico.

As dimensões do cenote são impressionantes. Está a 26 metros abaixo do nível do solo e tem 40 metros de profundidade e 60 metros de diâmetro.

O cenote fica a 200 quilômetros da zona hoteleira, totalizando 2 horas de viagem. A movimentação de turistas é bem mais tranquila no período da manhã e início da tarde. O local conta com uma boa infraestrutura, com lanchonete, restaurante, loja de souvenires e artesanato, além de um espaço para guardar mochilas e outros pertences.

2. Dolphinaris e Delphinus

Nadar com os golfinhos é a principal atração de ambos os parques. Você também pode acariciá-los.

Os parques são os mais tradicionais da região. Lá, além de um passeio incrível para fazer no verão de Cancun você ainda pode nadar com os golfinhos. Você pode fazer isso também no mar, mas, em razão das chuvas, os parques garantem que você pratique a atividade com maior segurança.

Em ambos os parques, é possível não só nadar com esses simpáticos animais, como também acaricia-los e aprender mais sobre eles.

O Dolphinaris fica em Tulum, bem próximo aos parques Wet n’ Wild e do Ventura Park Cancun. Você pode incluí-lo também no mesmo dia de visitação à Playa del Carmen, pois fica a apenas 15 minutos do local.

O Delphinus, por sua vez, fica próximo ao Parque dos Ojos, que abriga o cenote de mesmo nome.

3. Coco Bongo

O local conta com apresentações musicais e teatrais e é uma das principais atrações de Cancun.

A casa é perfeita para quem pretende aproveitar a agitação da vida noturna da zona hoteleira no verão em Cancun. É uma das mais famosas casas noturnas da região e é considerada por muitos a melhor.

As festas sempre começam após as 23 horas, com muita música, evidentemente, e também apresentações de artistas que, na maioria das vezes, fazem apresentações musicais. Sucesso das principais paradas do mundo são lembrados durante esses shows.

Mas as atrações não param por aí. O Coco Bongo também é conhecido por abrigar apresentações teatrais. Muitos atores interpretam atores e cantores famosos.

O público da casa é bem heterogêneo, com visitação de pessoas de todas as idades, não apenas jovens. A entrada custa cerca de 60 dólares, mas as bebidas são liberadas a noite toda.

4. Praias

A água azulada e cristalina é característica de muitas praias de Cancun e região.

Essas são as principais atrações do verão de Cancun. Se você optar por se hospedar na zona hoteleira, já terá uma opção em frente ao seu hotel. Mas você tem outras alternativas, tanto próximo a essa região como também em locais mais afastados, como Playa del Carmen.

No entanto, um aspecto comum entre todas as praias, independentemente da alternativa que você escolher, é a beleza. As águas são bem limpas e cristalinas e em tons de azul ou verde. A areia é clara, em muitas delas bem branca.

Você pode aproveitar, por exemplo, as praias Tortuga, Delfines, Las Perlas, Playa Linda, Chac Mool e tantas outras. Todas elas têm banheiro público e salva-vidas. Porém na grande maioria não são permitidos vendedores ambulantes, logo é importante levar algo para se alimentar.

Em algumas praias, nem sempre há guarda-sóis disponíveis, seja de forma gratuita ou para alugar.

5. Ventura Park

O Ventura Park é propício para praticar esportes radicais e nadar com golfinhos. É possível até andar de kart.

Esse é um parque de diversões no qual pessoas de todas as idades vivenciam momentos inesquecíveis no verão em Cancun. E não são só brinquedos como montanha-russa que fazem a cabeça dos visitantes. O Ventura Park é bem variado: é também um parque aquático e um local para a prática de esportes radicais.

Você pode praticar bungee-jump e tirolesa, nadar – inclusive com golfinhos –, apreciar os jogos eletrônicos mais modernos e também os clássicos, aqueles que marcaram a infância décadas atrás.

Para quem é fã de Star Wars, há um jogo de cinco fases inspirado nas batalhas mais importantes da série de filmes.

E, para quem gosta de velocidade, é possível andar de kart no Grandprix e ainda apreciar a bela paisagem litorânea local. Você pode apostar corrida em uma pista de 275 metros, caracterizada por curvas bem fechadas.

6. Museu Maia

Uma das peças expostas no museu, onde você pode conferir tudo sobre a civilização que habitou o México há alguns séculos.

Se você faz questão de visitar locais onde se pode apreciar e conhecer mais a história de um determinado local ou povo, o verão de Cancun também oferece opções nesse sentido. O Museu Maia fica na zona hoteleira e exibe muitas peças que contam a história da civilização maia, que ocupou o território mexicano no período anterior à colonização espanhola.

O museu fica a 10 metros do nível do solo e conta com um acervo de 3500 peças, mas apenas 10% delas estão em exposição. Joias, caveiras humanas, ferramentas e outros artefatos fazem parte dessa seleção à qual o público tem acesso.

Os itens são datados desde 350 a.C. até 1550 d.C. São três salas de exibição, fruto de cerca de 30 anos de pesquisas e trabalhos de arqueólogos na península de Yucatán.

O sítio arqueológico de San Miguelito foi inaugurado na mesma ocasião do museu e também vale a visita.

7. Isla Contoy

A ilha é desabitada e não tem água potável e energia elétrica. É um local totalmente preservado.

O verão de Cancun combina com locais cheios de turistas e outros visitantes, mas isso não é uma regra. A ilha é inabitada e você pode dedicar um dia de sua viagem para conhecê-la.

Durante a estação, as tartarugas depositam seus ovos. As visitas são supervisionadas por biólogos, que dão informações riquíssimas sobre a fauna e flora da área.

E não é só. Atividades muito populares na região de Cancun também estão presentes na ilha, como snorkel. Você ainda pode comer peixe fresco na praia ou simplesmente relaxar diante de um visual de uma beleza impressionante.

A Isla Contoy fica perto da Isla Mujeres e só é permitida a visitação de 200 pessoas por dia. O local não tem luz elétrica e água potável e sua paisagem não tem interferência humana. É realmente um programa imperdível para fazer no verão de Cancun.

8. Xel-Ha

O parque é bem completo e merece um dia inteiro de sua viagem. Possui atrações para pessoas de todas as idades.

O local conta com um aquário natural, onde é possível praticar mergulho. Também possui grutas e cenotes abertos à visitação e, além disso, pode-se conhecer ruínas maias e até mesmo andar de bicicleta.

Você pode reservar um dia de seu roteiro de viagem de verão em Cancun exclusivamente para conhecer o local, sem receio. Se vai com crianças, isso não é fator negativo, muito pelo contrário. As atividades do parque temático são perfeitas para toda a família.

Fica na Riviera Maia, a aproximadamente 120 quilômetros ao sul da zona hoteleira e a 13 de Tulum. É o maior aquário natural do mundo.

9. Museu submerso

A beleza das esculturas conta com a participação dos corais.

Imagine visitar um museu literalmente embaixo d’água. Além de ser uma experiência bastante original, é inesquecível. O local, o maior desse tipo em todo o planeta, tem 500 estátuas e, entre elas, muitos corais se abrigam.

A idealização do museu não foi apenas uma tentativa para atrair mais turistas. Foi também uma oportunidade de construir novamente a vida marinha local, bastante prejudicada pela ação do homem e de furacões.

Desde 2012, é possível fazer mergulhos no local, sob supervisão de operadoras turísticas.

As esculturas são feitas em cimento com pH neutro e interagem perfeitamente com o meio ambiente. É um local que não pode deixar de ser visitado.

10. Isla Mujeres

A ilha é muito popular e recebe muitos visitantes, oferecendo atrações para toda a família. A praia é apenas uma delas.

É um destino muito visitado por pessoas de todo o mundo que aproveitam o verão de Cancun. Seu acesso se dá através de um trajeto de 15 minutos em barco.

Suas praias são bem tranquilas e perfeitas para visitação de toda a família, principalmente crianças. A infraestrutura é muito boa, com lojas e restaurantes. Não é necessário se preocupar quanto a isso.

Como outros locais em Cancun, você consegue praticar mergulho e esportes aquáticos em geral. É possível ir de manhã ao local, passar o dia todo por lá e voltar apenas no final da tarde.

Você já sabe como aproveitar o verão de Cancun da melhor forma. Agora, é só começar a planejar a sua viagem e aproveitar tudo o que esse paraíso oferece.

Se você não sabe por onde começar, leia os outros textos do blog e tenha dicas especiais sobre cada etapa de sua viagem, desde o planejamento até o retorno. Para ficar por dentro de qualquer novidade, não deixe de visitar o site e conferir conteúdo novo e exclusivo.

Se surgir alguma dúvida, comente ou entre em contato de alguma forma. O verão em Cancun não pode ficar sem a sua presença, e esclarecer possíveis questionamentos é essencial.

Publicado em

O que fazer nas proximidades do Ocean Safari?

Uma viagem pode ser a concretização de um sonho, especialmente quando todas as opções de passeios espetaculares são exploradas. Por isso, você deve adicionar o Ocean Safari ao seu roteiro.

Esse é um dos melhores locais para praticar snorkel do mundo, descobrir as maravilhas do fundo do mar e nadar ao lado de tartarugas, arraias, peixes das mais variadas cores, esponjas do mar e muito mais.

No Ocean Safari, você tem a oportunidade de nadar com tartarugas, arraias e peixes de todas as cores.

5 dicas do fazer nos arredores do Ocean Safari

1 – Marrdja Botanical Walk

Ao reservar um tempo para visitar o Ocean Safari, você terá a chance de conhecer o Marrdja Botanical Walk, que mescla florestas com manguezais. Trata-se de uma caminhada de até 60 minutos em um ambiente muito bem estruturado, com calçamento e diversas placas de sinalização no trajeto.

2 – Dubuji Boardwal

A diversidade da vegetação da paisagem ao longo do passeio pela Dubuji Boardwalk é sensacional. Todas as passarelas são muito bem construídas e se integram perfeitamente com o ambiente de floresta e mangue.

O local ainda conta com painéis de informações por todos os lados, fazendo com que os visitantes se sintam seguros e saibam qual direção seguir para curtir plenamente a experiência.

3 – Jungle Surfing Canopy Tours

Se você gosta de altas emoções e está pensando em tirar um dia para curtir oOcean Safari, precisa aproveitar os esportes de aventura disponíveis na Jungle Surfing Canopy Tours.

Jungle Surfing Canopy Tours é o destino certo para quem quer se aventurar nos arredores do Ocean Safari.

Basicamente, esta é uma maneira radical de conhecer a floresta tropical e toda a beleza da natureza. Afinal, quando você terá a oportunidade de fazer uma tirolesa no meio de uma floresta extremamente preservada?…

4 – Cape Tribulation Horse Rides

Um programa irresistível para toda a família. Neste passeio a cavalo, você observará paisagens de tirar o fôlego, desde a floresta até a beira do mar. Vale lembrar que os animais são muito tranquilos e até mesmo crianças pequenas podem curtir o programa sem nenhum problema.

Sendo assim, mesmo quem nunca cavalgou na vida, não precisa ter medo. É possível completar o trajeto de forma segura, admirando a beleza das proximidades do Ocean Safari.

5 – Daintree National Park

O Daintree National Park é uma atração maravilhosamente encantadora, variada e muito bem estruturada. É preciso ter muita disposição para cruzar as inúmeras trilhas que levam a praias, florestas, recantos naturais, além da observação da fauna e flora.

Vale a pena tirar um tempo da viagem para desbravar toda a região. Uma ótima notícia é que esse parque conta com lugares apropriados para acampamentos, infraestrutura para turistas e diversos tipos de pousadas e hotéis com preços para todos os bolsos.

Você está pensando em fazer uma viagem nas próximas férias? Conte para gente se alguma destas dicas lhe convenceu a passar por Ocean Safari.

Publicado em

O que fazer na Isla Contoy?

A Isla Contoy, apelidada de Ilha dos Pássaros, é mais um daqueles lugares paradisíacos de Cancún.

Trata-se de uma ilha deserta que pode ser considerada um “santuário natural”, com paisagens de tirar o fôlego e diversas atrações para curtir com toda a família.

Acompanhe este artigo e saiba o que fazer em uma dos destinos mais deslumbrantes e visitados do México!

O que fazer na Isla Contoy

Você conseguiria passar suas férias em um lugar sem energia elétrica e sem acesso à internet?

Talvez essa ideia possa ser pouco atrativa, a menos que você escolha como destino a Ilha Contoy, que fica localizada no município de Isla Mujeres, em Quintana Roo, no México.

As águas cristalinas da ilha.

A presença abundante de animais marinhos e terrestres é um principais atrativos de Isla Contoy.

São mais de 234 tipos de peixes identificados, além de tartarugas marinhas, corais e da famosa lagosta espinhosa.

A ilha conta ainda com aproximadamente 150 tipos diferentes de aves, incluindo o pelicano marrom e a fragata, sem falar das múltiplas espécies de plantas exclusivas do local.

Pelicano encontrado em Isla Contoy.

É permitido apenas 200 visitantes por dia. As excursões pelo local são guiadas, sendo necessário o uso de protetor solar biodegradável pelos banhistas por conta da proteção à vida marinha.

Confira agora dicas turísticas imperdíveis e saiba como aproveitar o melhor de Isla Contoy em sua próxima viagem de férias!

Parque Nacional

O Parque Nacional de Isla Contoy é um dos 67 parques do México e a administração do local promove ações ecológicas para a preservação das espécies nativas ameaçadas de extinção.

O recife Ixlaché, ao sul de Contoy, marca o início da segunda maior barreira de corais do mundo, o Grande Arrecife Mesoamericano.

Uma das melhores atividades da Isla Contoy é estar em contato com a vida marinha.

A Ilha Contoy é uma área natural protegida desde 1961 e foi declarada parque nacional em 1998.

Barreira de corais do recife Ixlaché.

Mergulho com snorkel

Praticar snorkeling na Isla Contoy é uma atividade perfeita para interagir com as espécies marinhas e admirar os recifes de corais em meio à areia branca e águas cristalinas.

O local é relativamente raso, com cerca de 3 metros de profundidade, e os turistas recebem instruções de mergulho para a máxima segurança na realização dos passeios aquáticos.

Mergulhando na Isla Contoy.

Quem já mergulhou na ilha afirma nunca ter visto tantas opções de peixes coloridos e de tartarugas no fundo do mar.

Cardume de peixes nas águas cristalinas.

No verão, por exemplo, três espécies de tartarugas aparecem na praia para desovar: a tartaruga-de-pente, a tartaruga branca e a tartaruga-cabeçuda.

Caminhada pelo Parque Nacional

Isla Contoy possui diversas opções de passeios e o que não faltam são belas paisagens que servem como cenários para fotos incríveis e inspiradoras.

Alguns registros da beleza intacta desse paraíso caribenho.

Há um centro para visitantes com museu, uma torre de observação de 20 metros de altura e duas trilhas onde se pode apreciar a flora e fauna da ilha.

Além disso, existe um mirante de observação das aves, dois grandes quiosques para refeições e uma estação de campo equipada com turbinas eólicas e painéis solares.

A Isla Contoy é um paraíso completo.

Como chegar

A Isla Contoy está localizada ao norte de Cancún, no município de Isla Mujeres, entre o Golfo do México e o Mar das Caraíbas.

É necessário pegar um ferryboat a partir da Playa Tortugas, em Cancún, seguir até Isla Mujeres, e de lá, tomar outro ferryboat até o destino final.

Uma opção é fechar um passeio que englobe as duas visitas em um só dia. Essas viagens já incluem almoço, lanches e bebidas.

Para chegar na Isla Contoy é necessário pegar um ferryboat.

Essas são as principais dicas de passeios em Isla Contoy!

Se você já conhece o local, compartilhe sua experiência turística com a gente e continue acompanhando nosso blog para descobrir mais destinos paradisíacos em Cancún!

Até a próxima!

Publicado em

16 atividades imperdíveis para se divertir em Cancún

O límpido mar de Cancún.

Cancún é uma cidade que fica na costa do estado de Quintana Roo, no México, em uma península que se tornou um dos centros turísticos mais importantes, não só do México, mas do mundo.

Além das maravilhas naturais – formadas por aproximadamente 22 quilômetros de praias de areia fina, divididos entre a lagoa e o mar –, sua cultura ancestral é incrivelmente marcante, representada pelas cidades maias, como Tulum, Uxmal e Chichén Itzá, fundadas no período pré-colombiano.

Divertidas atrações em Cancúné que não faltam!

As ruínas, as praias, a vegetação, os parques repletos de possibilidades de entretenimento, o clima, a fauna marinha e a estrutura hoteleira fazem de Cancún um dos destinos paradisíacos mais procurados por turistas do mundo todo.

8 atividades diurnas em Cancún

Nadar com tubarões-baleia

Bem-vindo a bordo da aventura em Cancún!

Nesse passeio, você embarca rumo ao inesquecível: mergulhar de snorkel, apreciar a vista cinematográfica do mundo submerso e nadar ao lado do maior peixe do mundo, o tubarão-baleia!

Diariamente (de maio a setembro – temporada do enorme peixe), o tour sai de Cancún. O grupo é limitado a dez pessoas por barco, no intuito de garantir uma experiência exclusiva aos visitantes.

É uma excursão guiada por naturalistas ou biólogos marinhos.

O trecho é o seguinte: você irá navegar pelos mares ao redor das Ilhas Contoy e Holbox, onde você terá a oportunidade de observar e mergulhar com esses fascinantes animais.

Mas as surpresas não param por aí!

Observe, também, golfinhos, jamantas, tartarugas marinhas, pássaros e muitas outras espécies que brincam na costa do Yucatán.

Sempre é bom estar ligado:

  • Leve roupas e calçados confortáveis;
  • Repelente de insetos é indispensável, bem como chapéu, óculos escuros e casaco impermeável;
  • Não se esqueça do protetor solar ecológico;
  • Essa excursão não é permitida para mulheres grávidas, crianças abaixo de 5 anos e pessoas com problemas cardíacos ou lombares;
  • Para aqueles que sentem enjoos no mar, recomenda-se medicamentos.
Um mergulhador com o tubarão-baleia.

Mergulhar com snorkel

Uma água tão clara irá proporcionar a você e à sua família visões de uma natureza rica e bela, que revela aos olhos o verdadeiro significado de paraíso. Prepare-se para imergir nesse cenário mágico!

Aqui estão alguns lugares que estão esperando sua visita:

Puerto Morelos

Aqui, a grande barreira de corais Mesoamericana fica bem próxima da superfície e você consegue ver muita vida somente praticando snorkel. A saída é em barco até o ponto onde está a barreira e o tempo de snorkel é de aproximadamente uma hora.

Inah – Riviera Maya

Esse arrecife da Riviera Maya é muito preservado e fica bem próximo da superfície. Está localizado entre Puerto Aventuras e Playa del Carmen.

Pode-se visualizar muitas tartarugas marinhas e arraias enormes!

É bom já saber que o uso de colete salva-vidas é obrigatório para que, mesmo que você se sinta cansado, não coloque os pés para baixo e não toque nos corais!

Akumal

É bem famoso e, por conta disso, infelizmente a sua preservação está em risco. Já foram destruídos 70% do grande arrecife que ali existia, mas ainda é a casa das tartarugas e dezenas delas vivem em Akumal.

O fundo do mar é cheio de gramas marinhas, que são alimentos das tartarugas. Por isso elas ainda são encontradas nesse território.

Em Akumal, também podem ser vistas arraias pequenas e barracudas.

A praia é muito bonita, mas hoje chegam centenas de turistas todos os dias para poder fazer snorkel com as tartarugas.

Cozumel

Cozumel é uma ilha bastante famosa. Nela, são muitos os arrecifes próximos à costa e a cor do mar é de um azul impressionante.

Aqui, não é possível observar a grande barreira de coral Mesoamericana, pois está muito profunda, impossibilitando a visualização por meio de snorkel.

Mas ainda existem muitos outros arrecifes, como Palancar e Columbia, que são menos profundos, possibilitando a observação de corais e peixes a partir da superfície.

MUSA

O museu subaquático está entre Cancún e Isla Mujeres.

São estátuas que foram colocadas no fundo do mar e, sobre elas, vive uma grande comunidade de peixes e corais.

Esse museu foi criado com o objetivo de reduzir a intensa visitação aos arrecifes para, assim, poder preservá-los.

O Museu é, hoje, um dos principais passeios de Cancún.

Lagoa Yal Ku

Fica em Akumal, seguindo depois da praia, à esquerda.

É uma verdadeira maravilha natural. Uma lagoa gigante cheia de peixes e corais!

O museu subaquático de Cancún.

Navegar em um catamarã

Você terá a chance de passar um dia bem divertido navegando pelo Mar do Caribe e por Isla Mujeres em um típico catamarã!

Passeio de barco pelas águas de Cancún.

Desfrute do sol e da brisa enquanto navega para o recife, onde você terá a oportunidade de mergulhar com snorkel e admirar centenas de peixes coloridos.

Em seguida, chegando ao clube de praia particular, haverá tempo suficiente para desfrutar um almoço e relaxar ao sabor da tranquilidade paradisíaca.

Você também poderá visitar a Isla Mujeres, caminhar em suas ruas e fazer compras.

Ah, e o “open bar” está presente nessa excursão!

Dolphindiscovery

Quem jamais sonhou um dia nadar com golfinhos? É uma experiência que todos gostariam de viver! Realmente, não faltam opções de atividades em Cancún.

No Dolphin Discovery, a atividade não é praticada em piscina natural, e sim em alto-mar. Você vai brincar muito com eles. Vai ter empurrão de pé, abraço, beijo, salto, saudações e tempo livre só para nadar e ao lado deles e curtir!

Um dos golfinhos que habitam a costa do balneário.

Chitchén-Itzá

Uma das maravilhas do mundo, Chichén Itzá. É um local que reúne as maiores edificações das antigas cidades do povo Maia.

É uma atração histórica e cultural que você precisa conhecer!

Pirâmide de ChichenItzá.

Você terá a chance de se aproximar da construção, apreciar a arte e se encantar com as curiosidades que só os gênios Maias poderiam fazer.

Para esse passeio, é preciso estar trajado com uma roupa bem confortável para as caminhadas, além de lançar mão de boné ou chapéu, e muito protetor solar!

Ah, uma garrafa d’água é sempre bem-vinda!

Tulum

Tulum é provavelmente uma das praias mais bonitas que você verá em sua vida! Além da praia sensacional, você pode conhecer as muralhas e ruínas da única cidade Maia construída à beira-mar.

Fica um pouco distante de Cancún, quase 2 horas de distância, mas é um passeio imperdível!

Praia de Tulum, com uma ruína maia ao fundo.

Cenotes

Os cenotes são cavidades alimentadas por águas subterrâneas, sempre frias e doces.

Em alguns deles, além de conhecer e apreciar um lugar totalmente diferente, você pode aproveitar para dar um mergulho!

Há centenas de Cenotes por toda a Riviera, cada um com suas características. Alguns deles são: Cenote Dos Ojos, Gran Cenote, Cenote Nohoch e Cenote Azul.

Um dos famosos cenotes da região.

Xel-Há

O Xel-Há é considerado um dos maiores e mais bonitos parques ecológicos naturais do mundo.

O sistema é all-inclusive, você pode usar toda a estrutura de restaurantes para almoçar, comer lanches, tomar drinks, sucos e muito mais. Também pode usar outros serviços como armários, coletes, toalhas e snorkels.

Você pode vivenciar muitas atrações, como o Snorkeling em um imenso lago que rodeia o parque todo – e observar muitas espécies de peixes bem coloridos – ou fazer o Sea Trek – descer aproximadamente a 4 metros de profundidade com escafandro, para ter um contato bem próximo com as arraias!

Cancún oferece paisagens como essa.

8 atividades noturnas para curtir Cancún

Não há como negar: diversão e Cancúncaminham sempre de mãos dadas!

À noite, quem passeia pela Boulevard Kukulcán logo percebe que a cidade não dorme. A chegada da noite é sinônimo de alegria, especialmente para os jovens, ávidos pelo agito das baladas.

São inúmeras opções, para todos os gostos. Vários restaurantes, bares e boates que fazem da cidade o panorama perfeito para quem deseja viver uma bela experiência noturna.

Inicialmente, a melhor pedida é escolher um restaurante legal para jantar. E por que não fazer compras e passear pelos shoppings?

Agora, para aqueles que procuram diversões mais animadas, há bons bares para curtir a noite.

Elevando os níveis de agito, para os que gostam de dançar, há boas alternativas a partir da meia-noite, invadindo as altas horas da madrugada!

E é claro, como são vastas as ofertas de atividades em Cancún, a dúvida para onde ir é natural. Por isso, uma ótima ideia é ir ao Forum by The Sea. Nessa região, se concentram os bares e boates mais animados. Estando lá, você pode decidir qual lugar satisfaz mais o seu perfil.

Mais uma notícia boa: por ser extremamente turística, Cancún é bem servida de ônibus, os quais circulam a noite toda!

Aqui segue uma seleção de oito ambientes para você aproveitar o melhor da noite em Cancún!

SeñorFrogs

Logo do SeñorFrogs.

Conhecer o Señor Frogs é quase uma obrigação entre os turistas. Sempre presente no roteiro de quem gosta de curtir a noite, é um dos melhores bares de Cancún.

Você deverá ir preparado, pois a comida não é muito barata, entretanto os garçons e suas brincadeiras fazem o lugar valer a pena.

Há muitas opções de drinks, mas o que faz mais sucesso são os copos com 800ml de cerveja!!

Não dá para sair de lá sem se entreter e participar de alguma das atividades que os animadores programam.

A decoração é linda, além de ser um ótimo lugar para tirar fotos e fazer um programa muito, muito divertido.

Carlos n’ Charlie’s

Carlos N’ Charlie’s.

Quem não gosta muito de boates e seus altos agitos, mas pretende iniciar a noite em um lugar animado, Carlos n’ Charlie’s é uma excelente pedida. O bar tem um visual diferente, colorido e superanimado.

Com bastante música e brincadeiras, é um dos melhores bares da cidade!

Hard Rock Café

Hard Rock Café.

Bar conhecido no mundo inteiro, o Hard Rock é ótimo para quem aprecia a união da boa música com a bebida preferida. Ainda, agrada aqueles com bom paladar para uma boa refeição.

O serviço é excelente e os preços são bastante variados. O destaque é para os sanduíches, mas você encontra opções mais leves, como as saladas.

É um ambiente muito descontraído, tanto para o almoço como para o jantar. E à noite sempre há apresentações de rock!

Coco Bongo

Coco Bongo.

Atenção, jovens de plantão! A noite no Coco Bongo não começa antes das 23h!

É um lugar é conhecido por ter a melhor da noite de Cancún. Além de bastante música, há várias apresentações musicais de artistas locais, os quais interpretam cantores e atores mundialmente famosos.

O Coco Bongo é uma mistura de boate, show, teatro e muita música. É divertido e animado, procurado por pessoas de todas as idades, não somente por jovens.

La Casa delHabano

La Casa delHabano.

Esta casa é uma verdadeira preciosidade!

Além do excelente atendimento, é o local ideal para apreciadores de um Puro e de diversos outros ótimos drinks. Ainda, é um ambiente perfeito para quem admira o pôr do sol.

Daddy’O

Daddy’O.

O ambiente da Daddy’O é bastante singular, similar ao de uma caverna.

É uma balada que toca um pouco de tudo e nela há sempre DJ’s diferentes se apresentando, especialmente aos finais de semana.

Quem vai a Cancún e procura pelos agitos da noite não pode deixar a Dady’O fora do roteiro.

Forum by the Sea

ForumbytheSea.

A Plaza Forum by The Sea tem várias lojas, no entanto ela não é uma opção procurada para compras, e sim para a diversão noturna.

Se seu negócio é as compras, vá a outros lugares, como o La Isla ou o Kukulcán Plaza. Agora, se você está procurando os agitos noturnos, esse é o lugar ideal. Nas redondezas da Plaza Fórum concentram as melhores opções da noite em Cancún.

Boates, casas de shows e bons bares. Basta passar ali à noite para entender por que os jovens gostam tanto da cidade!

The City

The City.

A The City é uma boate enorme, conceituada por muitos como o melhor lugar da cidade para dançar.

A festa começa tarde e a diversão é garantida à base de muita música e de performances irreverentes.

Para os apaixonados por interação, por fazer amizades, esse é um ambiente para encontrar pessoas de todo o mundo e curtir até tarde!

Agora que você já conhece diversas opções de atividades em Cancún, deixe seu comentário dizendo qual achou mais interessante, ou compartilhe com seus amigos para combinar a viagem.

Acompanhe nossas publicações para saber mais sobre a paradisíaca Cancún.

Publicado em

Cozumel- o verdadeiro paraíso para os mergulhadores

O fundo do mar em Cozumel reserva muitas surpresas para quem se aventura em mergulhar.

Um lugar onde é possível tomar um banho de mar, se bronzear, apreciar uma bela paisagem e ainda fazer compras. Sem contar a possibilidade de mergulhar. Cozumel é um local magnífico e que deve estar em seu roteiro de viagem para Cancun.

San Miguel de Cozumel fica a apenas 60 quilômetros da zona hoteleira, na direção sul. Tem a segunda maior barreira de corais do mundo e praias com águas quentes e em tonalidade clara.

A ilha recebe muitos turistas durante todo o ano, tanto quanto Cancun e locais próximos. Porém há uma diferença: Cozumel tem um ambiente mais parecido com cidade de interior, com ruas mais estreitas e lojas, restaurantes e hotéis de menor porte.

Isso não significa, no entanto, que não haja um ambiente hospitaleiro e cheio de conforto para quem chega ao local. O mergulho em Cozumel é muito conhecido e muitas pessoas visitam a ilha especialmente para essa prática.

Saiba mais sobre isso a partir de agora.

Por que Cozumel é um paraíso para os mergulhadores?

Mergulhar em Cozumel é um programa cheio de descobertas e bastante enriquecedor.

O mar da ilha tem uma visibilidade incrível, que chega a alcançar 30 metros. Logo, não é preciso alcançar uma grande profundidade para se ter uma vista maravilhosa, sendo também uma experiência inesquecível para iniciantes.

Atualmente, o mergulho em Cozumel é considerado um dos melhores do mundo. Com mais de 40 centros de apoio, não faltam locais onde você possa encontrar guias para auxiliar na prática do esporte.

Mesmo sendo um local muito procurado, não há congestionamentos no mar, pois os pontos onde você pode mergulhar são vários. Em época de Ano Novo e Semana Santa, eles costumam ficar mais cheios, mas todos conseguem viver essa experiência.

São tantos pontos de mergulho que a aglomeração de pessoas é muito rara.

O norte de Cozumel tem uma forte correnteza e é mais indicado para mergulhadores com mais prática. Por isso, é menos frequentado e, entre os meses de dezembro a fevereiro, é possível ver arraias-águia.

O lado sul, por sua vez, tem uma correnteza mais moderada, sendo mais apropriado para quem mergulha em Cozumel pela primeira vez ou tem pouca prática. Nessa região, é possível visitar cavernas submarinas, corais de todas as cores e tipos, além de tartarugas e muitos peixes, muitos deles com mais de um metro de comprimento.

A vida marinha em Cozumel é uma das atrações para os mergulhadores.

A vida marítima em Cozumel é muito diversificada e mergulhar na ilha também significa ter acesso a todas essas espécies.

Veja agora onde você pode mergulhar em Cozumel. São locais para todos os tipos de mergulhadores – iniciantes, intermediários e avançados – e que possuem uma riquíssima fauna, à qual você pode ter acesso já ao entrar na água.

Os principais pontos de mergulho em Cozumel

Existem pontos perfeitos para mergulhadores iniciantes, intermediários e avançados. É só escolher e se aventurar.

Como já mencionado no tópico anterior, não faltam pontos de mergulho em Cozumel. No entanto, alguns são considerados os mais famosos, tanto pela dificuldade ou facilidade para mergulhadores quanto pela vida marítima ou outras peculiaridades.

Conheça os principais deles a partir de agora e já escolha um que esteja mais relacionado com o seu nível de prática em mergulho, assim como atrações que você deseja conhecer.

Chankanaab

Perfeito para quem é iniciante, tem correntes de nível moderado e mar com profundidade que vai de 10 a 12 metros.

Mesmo sendo um ponto fácil de mergulho, atrai também pessoas com bastante experiência no esporte em função da vida marinha, com muitas espécies que ficam aparentes e escondidas.

Você pode encontrar formações de coral, assim como garoupas, arraias e peixes frade. Mais escondidos, dentro de buracos ou cavernas, é possível ver caranguejos, polvos e moreias, além de linguados que ficam camuflados na areia.

E não é apenas o mergulho que atrai inúmeros turistas dos mais diferentes locais do mundo. O banho de mar também vale muito a pena.

Yucab

Mais profundo do que Chankanaab (de 15 a 18 metros), o mergulho em Yucab pode ser considerado para mergulhadores de nível intermediário. As correntes marítimas são mais fortes, porisso é indicado ter uma certa experiência.

Uma parte deste ponto de mergulho em Cozumel é chamada ‘turtlegrass” (grama de tartaruga), em função da enorme quantidade de animais dessa espécie que habitam o local.

Você também pode encontrar corais, assim como lagostas.

Parede São Francisco

Também de nível intermediário, alguns pontos têm profundidade de 13 metros, enquanto outros chegam a 40. Aos 18 metros, você conhece a parede que dá nome ao local, coberta de corais coloridos e esponjas.

Também conta com uma grande variedade de peixes, que estarão presentes em todos os momentos de seu mergulho nesse ponto em Cozumel.

Paraíso

Com profundidade de 9 a 12 metros, é também indicado para iniciantes. É o primeiro arrecife do Parque Nacional Arrecifes de Cozumel. Muitas pessoas realizam mergulhos noturnos, podendo conhecer espécies de polvos e lagostas.

Suas formações de coral chegam a alcançar 6 metros de altura. Há uma infinidade de espécies de peixes, como arraias, garoupas e barracudas.

Um aspecto que deve ser prioridade para qualquer mergulhador, mesmo que tenha anos de prática, é a segurança. E não se trata apenas de ir a um ponto que esteja de acordo com seu nível de conhecimento como mergulhador. É também escolher os melhores profissionais e equipamentos para este momento.

Saiba no próximo tópico o que você deve fazer para que suas memórias em Cozumel sejam as mais positivas e agradáveis.

Por que você deve tomar cuidado em Cozumel?

Escolher bem quem vai acompanhá-lo nessa jornada é o primeiro passo para ter uma experiência positiva.

A partir do momento em que os turistas chegam em Cozumel, várias empresas, em quiosques, oferecem acompanhamento para mergulho, bem como aluguel de acessórios.

Mesmo sendo uma experiência única e com dezenas de pontos de mergulho, Cozumelexige cuidados especiais. Só assim, você consegue extrair o máximo do que o lugar tem a oferecer e ter uma viagem da qual você vai se lembrar para o resto da vida.

Nos últimos anos, muito tem se falado de mergulhadores que desapareceram após mergulhar ou morreram asfixiados depois de aspirar monóxido de carbono do próprio equipamento.

Para chegar a ter essa visão, é necessário uma série de cuidados muito especiais.

Por isso, não se deve ter cuidado apenas com o local onde será feito o mergulho em Cancu e se ele está adequado à sua experiência dentro da água. É importante também saber quem vai auxiliá-lo nessa jornada.

Pessoas e empresas certificadas são as mais indicadas para que você tenha segurança nesse momento. Uma experiência como essa, para ser inesquecível, começa por isso.

Por exemplo, receber um alerta de que a corrente está muito forte não é apenas uma precaução. É algo que pode salvar uma vida.

E não para por aí. Alguns equipamentos alugados podem não ser os mais adequados para determinadas situações. Se você enfrenta uma corrente forte e está com nadadeiras de pala pequena, a situação pode piorar e o pânico ficar ainda maior.

Por isso, tudo deve fazer parte do seu planejamento de viagem, desde os pontos onde você mergulhará em Cozumel até o local onde você vai alugar o equipamento. Sem deixar de dar uma atenção especial, é claro, para instrutores especializados e que sabem o que fazer em situações de perigo.

Um aspecto que também merece uma atenção redobrada é o preço. Faça uma pesquisa bem apurada. Embora haja variações, existe uma média e, se uma determinada empresa tem valores muito abaixo dese valor, redobre o cuidado e pense bem antes de fechar negócio.

É fundamental também saber como é o processo e ter o máximo de informações possível de forma antecipada. Peça para que cada etapa seja detalhada e também para ver os equipamentos e a embarcação que leva os turistas até o ponto de mergulho. Veja se a empresa tem fotos para que você as aprecie e, se não tiver imagens disponíveis, desconfie.

Pesquisar também a situação da empresa, como endereço e outras formalidades, ajuda a localizá-la em caso de qualquer eventualidade, pois se trata de um mergulho em Cozumel.

E não se esqueça de levar a sua própria câmera para registrar os momentos. Fique atento se a empresa não permitir fotografar o mergulho. Evidentemente, é necessário ter um equipamento apropriado, que suporte a profundidade que você vai alcançar.

Mergulhar em Cozumel é algo inexplicável e um programa que qualquer turista que vai a Cancun precisa fazer. O fundo do mar reserva inúmeras surpresas para quem tem a chance de visitá-lo. Independentemente de ser com cilindro ou snorkel, iniciante, intermediário ou avançado, a experiência é única.

Por isso, para saber mais sobre mergulhos em Cancún e outras atividades que você pode fazer nesse paraíso mexicano, leia mais artigos exclusivos e comece já a planejar sua próxima viagem de férias.

Lembrando que sempre há conteúdo novo, com todas as novidades que o local oferece. Por isso, não deixe de visitar o site.

Se você já mergulhou em Cozumel alguma vez ou tem alguma dúvida em relação a qualquer assunto deste texto, comente. Seu contato é importante e ajuda outros turistas que também desejam conhecer tudo o que Cancún oferece.

Publicado em

9 opções imperdíveis de esportes radicais em Cancun

Além das incríveis belezas naturais, Cancun surpreende pelas diversas opções de esportes radicais.

Localizada na costa mexicana, Cancun convida aos esportes radicais e de aventura. Além de ser quase um sítio arqueológico a céu aberto – é considerada o “Portão de Entrada da Civilização Maia” –, a cidade ainda tem todo o mar do Caribe ao redor, com as águas azul turquesa e areias finas e branquíssimas, servindo como um belo pano de fundo àqueles que querem se aventurar.

Na Lagoa de Nichupté, por exemplo, o ecoturismo vem ganhando força nas últimas duas décadas, graças ao empenho dos poderes públicos e nativos em preservar esse local, ideal para a prática de escaladas, snorkel, parapente, tirolesas, além de descidas em correntezas de tirar o fôlego nos vários parques naturais da região.

Mas, se o visitante ainda não estiver satisfeito, outra opção é a Península de Yucatán, famosa pelas disputas de jet-ski, saltos de bungee jump e prática de snorkeling em meio aos tubarões-baleia da ilha de Holbox. Além disso, entre os esportes radicais em Cancun, ainda estão as sensações do verão caribenho, como o Jet Pack Water, o Rio Secreto, o Jungle Tour, entre várias outras modalidades.

9 opções imperdíveis para se praticar esportes radicais em Cancun

Jungle Tour

Nos arredores de Punta Nizuc, em pleno mar do Caribe, está a Lagoa de Nichupté, palco de um dos esportes de aventura mais praticados em Cancun.

Em meio a uma exuberante natureza selvagem e ricos manguezais, o visitante pode praticar um esporte que à primeira vista pode assustar, mas, após alguns minutos, deixa uma sensação impossível de descrever em palavras.

O Jungle Tour consiste em guiar (com o auxílio de instrutores) uma lancha em altíssima velocidade em plena Lagoa Nichupté, com direito a intervalos para o snorkeling em Punta Nizuc, especificamente, em uma região famosa por ter o segundo mais extenso recife de corais do planeta.

Durante o snorkeling, o espetáculo fica por conta de um impressionante ecossistema aquático, além da observação de espécies terrestres, como iguanas, leopardos, tartarugas albinas, crustáceos, entre outras raridades.

Pacote para o passeio:

– Incluso: uma lancha para até três pessoas, equipamento para mergulho, instrutores bilíngues, além de água para saciar a sede após o mergulho.

– Não incluso: deslocamento até o ponto de partida, comida e bebida, além de uma taxa para manutenção do local.

– Atividades: passeio de lancha e snorkeling.

– Modalidades: Express e Adventure.

– Localização: Adventure Bay, Marina Aquatours ou Cancun Bay.

– Horário: sempre das 9h às 15h. O passeio tem duração de, no máximo, 2 horas.

O Jungle Tour é um passeio de lancha que termina com o snorkeling em um dos mais belos ecossistemas aquáticos do mundo.

Bungee Extreme em Cancun

Inspire profundamente três vezes seguidas, dê alguns passos firmes, fique de frente para o abismo e pule sem pensar nem por um segundo. Essa é a dica dada pelos mais experientes àqueles que pretendem praticar um dos principais esportes da Península de Yucatán.

O Extreme Cancun foi feito para os mais corajosos, dispostos a saltar de um bungee jump de uma altura de 25 metros em plena Playa Tortugas, com toda a vista do mar do Caribe ao fundo.

Um inevitável aumento da frequência cardíaca, sensação de frio no estômago – e também alguns pedidos desesperados para desistir da aventura – fazem parte do pacote. Os aventureiros também podem adquirir vídeos e fotos do salto, que farão com que a experiência seja eternizada e o desejo de voltar seja renovado a cada ano, tal é a impressão deixada pela cidade e pelas atividades oferecidas aos visitantes.

Pacote para o passeio:

– Incluso: mesas e cadeiras na praia, salto de uma torre com quase 25 metros de altura, banheiros, chuveiros, trilha sonora de fundo, além da certificação Bungee Extreme Cancun.

– Não incluso: fotos, vídeos e o deslocamento até o local do salto.

– Atividades: bungee jump.

– Modalidade: aventura.

– Localização: Playa Tortugas e Marina Adventure Bay.

– Horário: das 11h às 19h.

De uma altura de 25 metros, o Bungee Jump Extreme desafia até os mais corajosos.

Jet-Ski Wave Runner

Outro dos esportes radicais de Cancun mais praticados é, também, uma das grandes atrações da Playa Tortugas. Entre as praias não privativas, essa é considerada a melhor da região, devido à infraestrutura, águas tranquilas, limpas e cristalinas, segurança e, principalmente, a hospitalidade dos nativos.

A praia está localizada a apenas alguns quilômetros da região central da cidade e impressiona pelas águas com dezenas de tons de azul e areias branquíssimas. Essas características fazem dela uma das melhores praias para a prática de esportes aquáticos, como mergulho de snorkel, natação e, é claro, o Jet-Ski Wave Runner.

Pacote para o passeio:

– Incluso: instrutor profissional durante o percurso, jet-ski para duas pessoas, colete salva-vidas e demais equipamentos essenciais.

– Não incluso: comidas e bebidas, deslocamento até o parque e outras necessidades individuais.

– Atividades: pilotagem de jet-ski por 30 minutos.

– Modalidade: Adventure.

– Localização: Marina Adventure Bay e Playa Tortugas.

– Horário: das 9h às 17h.

Um píer separa os praticantes dos banhistas, tornando o Jet-Ski Wave Runner em Cancun extremamente seguro.

Jet Pack Water

Voar como nos filmes e desenhos animados ainda é um dos sonhos mais cultivados pelo homem. Para quem o compartilha, o Jet Pack Water é uma boa forma de sair do chão.

Basicamente, trata-se de um equipamento que funciona por propulsão em meio aquático, capaz de fazer uma pessoa subir quase 10 metros. No ar, ela ainda pode fazer acrobacias, giros, loopings, entre outras manobras consideradas radicais.

O Jet Pack é uma atividade segura, já que os controles do acelerador do praticante e do instrutor são conectados. Os praticantes ainda usam capacetes com um sistema de comunicação semelhante ao de um walkie-talkie, e contam com algumas sessões de treinamento que antecedem a prática.

Pacote para o passeio:

– Incluso: equipamento completo, colete salva-vidas, headfone (para comunicação com o instrutor), treinamento com profissionais antes de aventurar-se na prática, orientação durante o voo, uma garrafa de água mineral, entre outros equipamentos necessários.

– Não incluso: transporte até o local, comida, bebida e demais necessidades pessoais.

– Atividades: voo com Jet Pack com duração de 15 a 30 minutos.

– Modalidade: aventura.

– Localização: Playa Maroma.

– Horário: das 9h às 18h.

Com o Jet Pack, a pessoa é impulsionada até quase 10 metros de altura.

Rio Secreto

O Rio Secreto também pode ser considerado um tipo de esporte radical em Cancun. Isso porque é feita uma espécie de exploração do rio, que fica em uma região de cavernas e grutas subterrâneas a 45 minutos da zona hoteleira de Cancun e da Playa del Carmem.

Descoberto acidentalmente em 2006 pelo próprio dono das terras onde as cavernas estão localizadas, somente em 2008 recebeu autorização dos órgãos ambientais mexicanos para ser explorado turisticamente. Recebeu os primeiros visitantes em 2009.

Para muitos, trata-se de uma experiência única percorrer as águas geladas e tranquilas, os vários esconderijos submersos, contemplar as estalactites e estalagmites ainda intocadas pelo homem, e o Salão de la Paz. Tudo isso com o auxílio de um guia turístico profissional e um fotógrafo para os que desejarem esse serviço.

Pacote para o passeio:

– Incluso: exploração com grupos de até 10 pessoas, guia profissional bilíngue, roupas especiais, colete salva-vidas, armários, capacete com iluminação, toalhas, comida local, sucos ou refrigerantes, além de opções de transporte.

– Não incluso: fotos e vídeos.

– Atividades: exploração de cavernas subterrâneas e snorkeling entre duas e três horas (Regular e Plus, respectivamente).

– Modalidades: Regular e Plus.

– Localização: Cancun e Riviera Maia.

– Horário: 9h e 11h.

Descoberto por acaso, o Rio Secreto, segundo a lenda, seria um portal para a civilização maia.

Flyboard Water

Semelhante ao Jet Pack, o Flyboard consiste em voos de até 11 metros de altura sobre uma plataforma movida por controles de aceleração, utilizando a água como meio de propulsão.

Do alto, o praticante pode demonstrar as habilidades, saltando, girando e mergulhando nas águas tranquilas da Playa Maroma, com toda a segurança que os instrutores profissionais oferecem aos marinheiros de primeira viagem.

É considerado um dos mais modernos esportes radicais praticados em Cancun, sendo muito procurado por não exigir qualquer tipo de experiência prévia. Os instrutores, além de prepararem o praticante com antecedência, ainda oferecem um material com vídeos sobre técnicas de segurança para que ele vá se acostumando com o desafio.

Pacote para o passeio:

– Incluso: treinamento com instrutores certificados pela Escola Flyboard, equipamento completo, headfone (para comunicação com os instrutores), orientação durante a prática e uma garrafa de água mineral.

– Não incluso: transporte, alimentação, deslocamento até a praia, entre outras necessidades individuais.

– Atividades: voo aquático com duração de 15 a 30 minutos.

– Modalidade: Adventure.

– Localização: Playa Punta Maroma.

– Horário: das 9h às 18h.

Atingir uma altura de até 11 metros sem nenhum tipo de sustentação é um desafio de equilíbrio e coordenação motora.

Jetovator

Sem dúvida, esse é um dos esportes de aventura mais originais praticados em Cancun. É feito com um equipamento misto, que une as características de um jet-ski, a forma de pilotagem de uma moto e o desempenho de um Jet Pack.

Com esse equipamento, o praticante é impulsionado a uma altura de quase 10 metros, enquanto faz as mais singulares manobras, desde curvas espetaculares, mergulhos audaciosos, giros, piruetas e tudo o mais que sua habilidade permitir.

O Jetovator é mais uma opção considerada extremamente segura (mesmo para iniciantes), pois o praticante tem controle do acelerador todo o tempo, e também pode se comunicar com o instrutor por meio de um aparelho no capacete. Antes da prática, ainda é feito um treinamento específico, que também é composto por videoaulas exibidas por instrutores certificados.

Pacote para o passeio:

– Incluso: treinamento com instrutores certificados, equipamento completo, headfone para comunicação, orientação durante a prática e uma garrafa de água mineral.

– Não incluso: deslocamento até o local, alimentação, bebidas diversas.

– Atividades: esporte aquático com duração de 15 a 30 minutos.

– Modalidade: Jet Pack.

– Localização: Playa Maroma.

– Horário: das 9h às 17h.

Uma mistura de Jet Pack, jet-ski e moto faz do Jetovator um dos esportes radicais mais originais de Cancun.

Hoverboard Water

Esse é para os amantes do skate. O Hoverboard também segue o mesmo princípio do Jet Pack, Flyboard, entre outros esportes radicais semelhantes em Cancun. Só que, nesse, um equipamento conectado a uma espécie de skate impulsiona o praticante por meio de um jato d’água que permite voos de até 9 metros de altura.

No ar, é possível fazer manobras radicais semelhantes a um kickflip ou a um 900°, dependendo da habilidade do praticante.

Esse esporte radical em Cancun também é oferecido com total segurança, pois não exige qualquer tipo de conhecimento prévio. Um instrutor profissional orienta os participantes com o auxílio de vídeos de segurança e material escrito com todo o passo a passo.

Pacote para o passeio:

– Incluso: treinamento profissional, equipamento específico para esse tipo de esporte, assistência durante a prática e água mineral.

– Não incluso: transporte, alimentação, entre outras necessidades individuais.

– Atividades: esporte aquático com duração de 15 a 30 minutos.

– Modalidade: Jet Pack.

– Localização: Playa Maroma.

– Horário: das 9h às 18h.

Executar um kickflip ou um 900° em pleno mar do Caribe é totalmente possível com o Hoverboard.

Seabreacher em Cancun

Surreal! É como os praticantes definem esse que é um dos esportes mais radicais praticados em Cancun. O equipamento é uma espécie de submarino em forma de tubarão, com um motor de 260 Hp, suficiente para fazer o aparelho atravessar as águas calmas e translúcidas do mar do Caribe a uma velocidade de até 80km/h.

Toda essa tecnologia ainda permite voos de até 6 metros, mergulhos a 40km/h e até 2 metros de profundidade. O praticante vai como carona de um instrutor experiente e acompanha manobras fantásticas, giros estonteantes, curvas audaciosas e tudo o mais que esse equipamento puder oferecer em termos de adrenalina e emoção.

Pacote para o passeio:

– Incluso: passeio Seabreacher guiado por instrutores certificados, orientação durante o percurso e uma garrafa de água mineral.

– Não incluso: transporte, alimentação e outras necessidades individuais.

– Atividades: esporte aquático com duração de 15 a 30 minutos.

– Modalidade: Jet Pack.

– Localização: Playa Punta Maroma.

– Horário: das 9h às 18h.

Uma experiência surreal. É assim que os praticantes definem um passeio de Seabreacher em Cancun.

Ficou com vontade de se aventurar nessa incrível cidade? Essas e outras opções de esportes radicais estão disponíveis em Cancun. E não esqueça: compartilhe suas dúvidas e experiências nos comentários. E, claro, continue acompanhando nossas publicações.

Publicado em

Museu Submerso de Cancun

Museu Submerso de Cancun (MUSA): as maravilhas de um museu único

O Museu Submerso de Cancun tem uma vista única e uma proposta nobre.

Você pode já ter visitado diversos tipos de museu na sua vida, mas certamente nunca viu nada como o Museu Submerso de Cancun, o MUSA. Criado pensando na preservação ambiental e na mutação constante das obras de arte, o museu é uma atração imperdível.

Há mais de 500 esculturas de tirar o fôlego no Museu Submerso de Cancun.

O que é o Museu Submerso de Cancun (MUSA)?

As belezas de Cancun não estão apenas na superfície.

O Museu Submerso de Cancun, também chamado de Museu Subaquático de Cancun, foi criado em 2009. Ele foi idealizado pelo artista Jason deCaires Taylor, um escultor inglês apaixonado pelo oceano. Jason decidiu unir seu talento como artista a uma causa nobre: a preservação da vida marinha, em especial a dos recifes de coral.

Qual o objetivo do MUSA?

É raro ver o meio ambiente interagindo com as peças dos museus, até porque em geral elas ficam muito protegidas, longe do público ou dentro de redomas de vidro. Foi pensando nisso que o Museu Submerso de Cancun foi criado.

O maior objetivo do MUSA é apresentar a interação dinâmica da natureza com as esculturas em exibição. Desde a escolha dos materiais, tudo é pensado para que as obras de arte se misturem perfeitamente à natureza, permitindo que corais cresçam em cima delas e que peixes e outros animais marinhos passeiem ao seu redor.

Corais cobrindo as obras do Museu Submerso de Cancun.
Os peixes e os corais convivem com as obras do Museu Submerso de Cancun.

Essa interação permite que as obras se modifiquem com o passar do tempo e a ação dos elementos naturais. Assim, se você decidir fazer outra visita ao MUSA daqui a alguns anos, já encontrará as obras em um estado diferente do qual vocês as viu pela primeira vez.

Todas as esculturas são feitas com cimento de pH neutro, evitando assim a liberação de toxinas no oceano. Elas não são lisas, mas texturizadas, para que os corais possam se fixar nelas com facilidade. Assim, o MUSA atrai atenção para si e diminui o fluxo de turistas em recifes de corais da região que estão ameaçados de extinção.

A preservação da natureza é um dos objetivos do Museu Submerso de Cancun

Como conhecer o Museu Submerso de Cancun?

Há várias opções para quem quer conhecer o Museu Submerso de Cancun. Sua escolha vai depender da sua experiência prévia com mergulho e da região do museu que você quer explorar.

Mergulho com snorkel

O mergulho com snorkel é ideal para iniciantes, por não exigir experiência prévia com mergulho, e mais indicado para ver as obras de PuntaNizuc, na região hoteleira de Cancun. Lá as esculturas ficam quatro metros abaixo do nível do mar e, em dias de sol, a visibilidade é perfeita. O mergulho com snorkel é a opção mais barata para conhecer o Museu Submerso.

Explorar o Museu Submerso de Cancun apenas com snorkel é uma possibilidade.

Mergulho com cilindro

Para ir um pouco mais fundo, é provável que você precise mergulhar com cilindro. Não há problema se você nunca teve esta experiência: a fornecedora dos cilindros oferece um breve treinamento antes de mergulhar. O mergulho com cilindro é mais indicado para ver as esculturas na região de IslaMujeres, onde elas ficam oito metros abaixo do nível do mar.

Mergulhando com cilindro no Museu Submerso de Cancun.

Visita no barco com fundo de vidro

Não há problema se você ou um de seus companheiros de viagem não sabe nadar: também é possível apreciar as esculturas e sair seco da experiência! Basta garantir um lugar em um barco com janelas e fundo de vidro e aproveitar a vista única.

É possível acessar o Museu Submerso de Cancun também com um barco com fundo de vidro.

Como se divide o museu?

Há mais de 500 esculturas no Museu Submerso de Cancun. Elas podem ser encontradas em duas regiões: em Cancun e em IslaMujeres. Assim, o MUSA é dividido em dois “salões”, como um museu convencional.

Escultura recém-instalada no Museu Submarino de Cancun

Próximo à zona hoteleira de Cancun fica o salão de PuntaNizuc, onde não é permitido o mergulho com cilindro. O visitante pode ver as esculturas a partir de um barco com fundo de vidro ou através do mergulho com snorkel.

Em IslaMujeres fica o salãoManchones. Ao contrário do outro salão, neste apenas o mergulho com cilindro é recomendado, pois as esculturas estão muito abaixo do nível do mar. Só com o cilindro é possível observar os detalhes destas obras e também interagir com a vida marinha.

Em ambos os salões notamos que a maioria das esculturas representa formas humanas. Há esculturas de pessoas agrupadas e também sozinhas. No salão de PuntaNizuc as esculturas humanas dominam, e já estão cobertas de corais.

Escultura no salão em PuntaNizuc.
Escultura humana no Museu Submerso de Cancun.
Esta escultura humana é presa na rocha e tem “asas” de material natural.

Em IslaMujeres, no salão Manchones, há também esculturas de casas, carros e até de bombas. O carro modelo Fusca que se localiza em Manchones é um habitat completo, abrigando em seu interior um viveiro de crustáceos.

Escultura de casa no salão Manchones.
O Fusca do Museu Submerso de Cancun é também um habitat de crustáceos.

Para chegar até qualquer um dos salões, em geral, é necessário fazer um tour de barco. A equipe dará as explicações sobre o ecossistema de Cancun, como preservá-lo, a origem do museu e como mergulhar com segurança e aproveitar o passeio.

Cerca de 750 mil pessoas visitam o Museu Submerso de Cancun todos os anos. Seja você também um dees turistas que viverão uma experiência única e inesquecível. Entre em contato conosco para mais informações sobre as visitas ao MUSA. Se você já conhece o museu, deixe seu comentário contando como foi a sua experiência.

Publicado em

Cenotes em Cancún: tudo sobre o Gran Cenote

Cenotes em Cancún: tudo sobre o Gran Cenote

Cenotes em Cancún são cenários encantadores e adorados pelos turistas.

Sumário:

O que são os Cenotes em Cancun?
Gran Cenote: cenário de perder o fôlego
Como chegar ao Gran Cenote em Cancun?
Como aproveitar ao máximo sua passagem pelo Gran Cenote?

Viajar sempre é algo recompensador, especialmente, se o local escolhido for um cenário tão deslumbrante quantos os Cenotes em Cancún. A simples oportunidade de conhecer a ilha caribenha deve ser aproveitada, sem sombra de dúvida.

Mas o espetáculo se torna ainda mais impressionante ao colocar o Gran Cenote no seu roteiro de viagem.

Gran Cenote é uma das paisagens mais incríveis da ilha caribenha.

O que são os Cenotes em Cancún?

O povo maia acredita que os cenotes em Cancún se originaram com a queda de meteoros.

Basicamente, o cenote se trata de uma abertura na terra e origem natural, formada por águas cristalinas e extremamente azuis de uma rede de rios subterrâneos de água doce que abrange toda a região de Yucatán, no sul do país.

Além disso, esses buracos possuem estalactites formadas ao longo dos séculos pela ação do meio ambiente. O termo cenote é do vocabulário maia e quer dizer “poço sagrado”.

Geralmente, os Cenotes em Cancún que não oferecem nenhum risco a integridade das pessoas contam com um ingresso de entrada, bastante acessível, e estrutura para lanches, piqueniques e banheiros.
Nestes ambientes, você tem a oportunidade de admirar a grandiosidade da paisagem, mergulhar, nadar, andar de caiaque e até mesmo passar por aventuras aquáticas ao explorar as cavernas subaquáticas, desde que conte com equipamentos apropriados e suporte de profissionais da região.

Gran Cenote: cenário de perder o fôlego

Gran Canote fica a cerca de 140 km da Zona Hoteleira de Cancún.

De acordo com a lenda do povo maia, os cenotes em Cancún são uma espécie de portal de contato com os deuses e são lugares muito sagrados, que teriam se formado a partir da queda de meteoros há milhões de anos.Apesar de a teoria maia nunca ter sido cientificamente comprovada, o Gran Cenote pode ser verdadeiramente considerado como um lugar digno dos deuses. Localizado a 13 km de Tulun, é um local deslumbrante e um passeio sensacional para todas as idades.

Como chegar ao Gran Cenote em Cancún?

Você pode alugar um carro ou optar por contratar um pacote turístico para chegar ao local.

Em função de sua beleza, o Gran Cenote é um dos lugares mais visitados da Península de Yucatán, sendo que você pode aproveitar para fazer dois passeios incríveis no mesmo dia, devido à proximidade.

Vá ao sítio arqueológico de Tulun e, posteriormente, visite as maravilhas do Gran Cenote. São apenas 13 km de distância e menos de meia-hora de carro em uma estrada de qualidade e extremamente bem sinalizada.

Aberto a visitação todos os dias entre as 10 h e 17 h, você necessita pagar a entrada, mas é um investimento que vale muito a pena! Além disso, o lugar está a cerca de 140 km da Zona Hoteleira de Cancún.

A rodovia se chama Tulum-Cobá e conta com inúmeras placas de sinalização para indicar o caminho. Você pode optar por alugar um carro, recorrer a uma viagem de táxi, alugar uma bicicleta ou mesmo a uma excursão através da compra de um serviço turístico, algo bastante comum na região.

Como aproveitar ao máximo sua passagem pelo Gran Cenote?

Cenotes em Cancún: experiência única para todas as idades.

Cenotes em Cancún: experiência única para todas as idades.
Na península de Yucatán existem em torno de sete mil dessas espécies de grutas ou cavernas com lindíssimos poços de águas cristalinas. Muitos estão abertos a visitação pública, mas o Gran Cenote exige o pagamento de 50 pesos por pessoa para permitir a entrada. Nada que não seja recompensado pela sua grandiosidade.

Basicamente, este é um dos cenotes em Cancún mais indicados para a prática do mergulho e até mesmo para dar algumas braçadas com bastante facilidade e visibilidade pelas aberturas e a entrada da luz solar. Se não bastasse, o lugar ainda conta com uma esplêndida piscina ao ar livre rodeada por um deque.

Mergulho

Mergulhar em um dos cenotes em Cancún é algo fantástico.

Como citado anteriormente, este cenote torna a experiência muito mais simples e prática, sem a exigência de equipamento de mergulho. Caso você já tenha mergulhado com cilindro e tenha facilidade nesta ação, o seu passeio se torna ainda mais assombroso, devido ao encanto da paisagem.

A dica é aproveitar essa chance, sendo que você pode alugar os equipamentos no local, só que procure sempre estar acompanhado de um guia bastante experiente, confiável e que conheça profundamente a região. Isso é essencial para evitar qualquer risco de se perder nos sensacionais, mas diversos, túneis subterrâneos.

Snorkel

Gran Cenote permite observação apenas com snorkel.

De maneira geral, a entrada da luz do sol permite que você possa se aventurar na água do Gran Cenote apenas com a ajuda de um snorkel para observar a fauna marinha, especialmente em um trecho que faz a ligação entre as duas entradas do cenote.

Nadar

Quem quiser apenas nadar ou curtir a água consegue aproveitar muito o Gran Cenote.

O Gran Cenote conta com duas enormes cavidades e acaba oportunizando a entrada da luz natural nas suas cavernas de intensa beleza e com acesso bastante simples e rápido. A partir da entrada nestas grutas, você pode observar praticamente sem mergulhar uma grande variedade de peixes, tartarugas e uma vegetação bastante rica.Só que o espetáculo fica por conta da água límpida e extremamente convidativa para um mergulho. Contudo, vá preparado porque a água tende a ser relativamente gelada! Portanto, procure sempre se movimentar dentro da água para espalhar o frio e aproveitar ao máximo essa sensação única.

Barzinho

De fato, o Grande Cenote é um dos locais com estrutura de melhor qualidade. Você paga o seu ingresso de entrada, aluga equipamentos de segurança ou para mergulho, caso esta seja a sua intenção, e ainda pode locar um armário para deixar os seus pertences com mais tranquilidade.

Além disso, existe um barzinho no local para fazer lanches, recuperar a energia, se refrescar e aproveitar toda a beleza natural incomparável à sua volta com calma e conforto.

Fotografar

Um dos diferenciais deste cenote é a sua abertura, com a possibilidade da entrada da luz do sol que ilumina as suas maravilhosas cavernas e concede ainda mais visibilidade aos peixes, à vegetação e à piscina natural.

Reserve, ao menos, uma hora para fotografar tudo ao seu entorno antes de resolver cair na água e levar recordações maravilhosas da sua passagem incrível por um dos mais espetaculares cenotes em Cancún.

A dica é tirar, ao menos, 60 minutos para fotografar a maravilha natural ao seu redor.
Você está programando a viagem para as suas próximas férias? Então, conta para a gente se alguma destas dicas serviu para reservar um tempinho da sua estadia para conhecer as atrações de Cenotes em Cancún!

Publicado em

Riviera Maya: um guia completo do que fazer

Banhada pelo maravilhoso mar caribenho, Riviera Maya fica localizada no estado mexicano de Quintana Roo. É uma região turística que se estende ao longo de mais de 120 quilômetros da costa nordeste da Península de Yucatán, desde Puerto Morelos, ao Norte, até Punta Allen, ao Sul.

Com um clima continental, essa zona semitropical tem, como média, temperaturas de 26 °C até 35 °C durante o verão. Vale ficar atento e programar a sua viagem para esse período. Lembrando que a estação chuvosa compreende o período entre setembro e outubro, e o alerta de furacões é de junho a novembro.

Região da Riviera Maya.

Onde ficar em Riviera Maya

Ao chegar nesta região paradisíaca e culturalmente rica, é possível encontrar estadias para os mais diversos gostos, desde um luxuoso resort até uma cabana mais rústica. Todas rodeadas por natureza selvagem e mar azul.

Se a intenção da viagem é desfrutar de muito luxo e conforto, não faltam opções. Alguns dos hotéis mais requintados da região são:

Royal Hideaway Playacar

Conta com 200 habitações no estilo colonial mexicano. Membro do The Leading Hotels of the World, o local possui seis restaurantes gourmet, seis piscinas, SPA e academia. Além disso, também oferece passeios e atividades aquáticas.

Paradisus Playa Del Carmen La Esmeralda

A apenas 45 minutos do Aeroporto de Cancun, fica próximo a tesouros da arqueologia, como Chichén Itzá, Ruínas de Tulum e Ruínas de Cobá, além de manguezais protegidos. No local, é possível desfrutar de uma deliciosa cozinha internacional, disponível em 14 restaurantes e 16 bares.

Paradisus Playa Del Carmen La Esmeralda é uma ótima opção para quem busca luxo na acomodação.

The Royal Playa Del Carmen

Apenas para adultos, o resort oferece um serviço de mordomos de praia. Fica a poucos minutos da famosa Quinta Avenida de Playa Del Carmen.

Hospedagens intimistas

Caso a opção seja por uma hospedagem mais discreta, existem pequenos hotéis, como o Casa Tucan, Los Itzaes, Piedra Escondida e Luna Blue Hotel, que contam com características mais aconchegantes e intimistas.

Encontros com a natureza e a cultura de Riviera Maya

Uma viagem para Riviera Maya pode ser a realização de um lindo sonho aventureiro ou de uma maravilhosa experiência em família. Além das belíssimas praias – como Tulum e seu sítio arqueológico, e Playa del
Carmen e sua noite animada – o lugar possui muitas riquezas para conhecer e desfrutar.

Parques Xel-Há e Xcaret

Os parques Xel-Há e Xcaret oferecem atividades pagas espetaculares, como mergulho, trilhas e restaurantes. Tudo no mais puro contato com a natureza.

Descer o rio é uma ótima maneira de passar o tempo no parque Xel-Há.

Além disso, você tem a chance de assistir a um show teatral folclórico, de contemplar viveiros de animais, como borboletas e leões-marinhos, e tanque com golfinhos. Tudo, sempre, com uma ótima estrutura e organização.

Relaxando no parque Xcaret.

Mergulhos e tartarugas

Se você busca momentos de paz, basta visitar Akumal, umas das praias mais paradisíacas de Riviera Maya, que fica há cerca de 100 quilômetros da zona hoteleira de Cancun.

Akumal significa “lugar das tartarugas” ou “terra das tartarugas” e, fazendo valer o nome, ao mergulhar em suas águas, é possível nadar com esses animais.

Conhecer a Ilha de Cozumel também deve entrar na lista. Vale a pena tirar um dia de viagem para relaxar nas águas mornas da Playa Bonita, fotografar e passear pelas lojinhas e bares.

Nadando com tartarugas marinhas em Akumal.

Ruínas de Chichén Itzá

Um passeio diferenciado, que também precisa de um dia inteiro para ser feito, são as ruínas de Chichén Itzá, com suas estruturas repletas de hieróglifos. As ruínas estão, inclusive, entre as sete maravilhas do mundo.

Situada no município de Tinum, Chichén Itzá foi construída pelos maias. Atualmente, as ruínas são consideradas propriedades federais e são administradas pelo Instituto Nacional de Antropologia e História do México.

Vista noturna de Chichén Itzá.

Ali também está um dos símbolos mais representativos da cultura maia: a pirâmide de Kukulcán, que representa os conhecimentos antigos sobre matemática e astronomia. A construção é um calendário anual, todo feito de pedra, que marca solstícios e equinócios.

A cultura maia representada por meio das antigas construções.

Reserva biológica de Sian Ka’an

A reserva biológica de Sian Ka’an é reconhecida oficialmente pela UNESCO como Patrimônio da humanidade. O local apresenta uma biodiversidade das mais raras do mundo. Com o significado de “onde nasce o céu”, Sian Ka’an conta com uma magnífica reserva da biosfera marinha e terrestre.

Em meio a esse já grandioso quadro natural, também estão os cenotes. Essas estruturas são como rios subterrâneos que drenam a água pluvial e a levam para o mar. São esconderijos em meios às rochas, que brilham com incríveis águas límpidas.

Cenotes: rios subterrâneos que levam as águas das chuvas para o mar.

Aberto à visitação turística, o Cenotes dos Ojos, em Tulum, é o maior sistema de rios subterrâneos mexicano.

Nem só de natureza é feita a viagem. Hora das compras!

Além de momentos relaxantes diante da exuberância da natureza, riquezas culturais e programas mais aventureiros, Riviera Maya também é um local para boas compras.

O comércio de Riviera Maya é bem atrativo, vai desde shoppings com lojas e restaurantes de renome a pequenas barracas e estabelecimentos que comercializam produtos e artesanatos locais. Existem opções para todos os gostos e limites de gastos.

Entre os shoppings, destaque para o La Isla. Convidativo, o local apresenta uma estrutura cheia de vida e com várias atividades para as crianças.

Já galerias de arte, mercado de pulgas, lojas de departamentos e feiras livres podem ser encontrados em locais como a Quinta Avenida, na Playa Del Carmen, e também em Tulum.

Visual charmoso da Quinta Avenida.

Como mostramos acima, em Riviera Maya não existem somente praias. A região é uma miscelânea de cultura e diversão, luxo e simplicidade, turismo e localidade. Uma garantia de entretenimento e aprendizado para qualquer tipo de turista.

Se você ficou encantado com esse lugar, acompanhe os nossos outros textos e saiba mais sobre Cancun e esse paraíso chamado Riviera Maya.

Publicado em

Tubarão-baleia em Cancún: uma experiência única e inesquecível

Sua viagem a Cancún não estará completa sem esse passeio por dentro dos mares. Afinal, imagine a sensação de nadar e mergulhar junto com um tubarão-baleia?

Mergulhe com esses gigantes do mar.

Embora possua este nome, esse animal é o maior representante dos peixes cartilaginosos de que temos ciência. Não é, portanto, um mamífero. É um vivíparo lecitotrófico, ou seja, o desenvolvimento do embrião ocorre dentro do corpo da mãe, mas a nutrição ocorre pela bolsa vitelínica.

O tubarão-baleia é considerado o maior peixe do mundo.

Seu tamanho chega a até 20 metros e ele pode pesar até 12 toneladas. Apesar do tamanho, não é um grande caçador, se alimenta de plâncton, que é um composto de pequenos crustáceos.

Não é preciso temê-los, apesar do tamanho, esses animais não possuem dentes.

Alguns pequenos peixes e moluscos podem ser variações do seu cardápio. Por não possuir dentes, se alimenta através de sucção e filtração.

Eles podem chegar a até 20 metros de comprimento.

Nadando com um tubarão-baleia em Cancún

Se você quer estar entre esses incríveis seres, a temporada em que eles surgem para se alimentar em Cancún é de 15 de maio a 15 de setembro.

As agências que coordenam o passeio geralmente oferecem serviço completo, você sai cedinho e antes de embarcar toma um café da manhã leve.

Majestosos, conquistam com sua opulência e doçura.

Se possuir experiência, poderá alugar roupa especial para mergulho, com direito a macacão, pés de pato e máscara.

Para os que não estão habituados a nadar, existe a opção de observá-los flutuando, com o uso de colete salva-vidas e um snorkel.

Não deixe de registrar este momento.

Em alto-mar, os barcos saem em busca dos tubarões-baleia. Assim que um deles encontra-os, avisa os demais para que todos possam usufruir da experiência.

Existem registros de grupos de até 40 tubarões-baleia, então a aparição é praticamente garantida. Na época que estão em Cancún, geralmente ficam entre as ilhas Holbox e Contoy.

Uma das experiências mais inesquecíveis para viver em Cancún.

No geral, são permitidos três mergulhos, então, não deixe de em pelo menos um aproveitar a sensação mágica de estar entre esses gigantes, e na outra registre-a para guardar para a posteridade.

Os grupos descem ao mar sempre com a supervisão de um instrutor. É permitido tirar fotos e nadar junto deles, mas tocá-los não é tolerado.

Você, em comunhão com a natureza com esse mergulho.

Cada descida dura em média dez minutos. O custo médio deste passeio gira em torno de 190 dólares por pessoa, com todos os serviços mencionados anteriormente inclusos.

A sensação de estar entre os tubarões-baleia é tão indescritível que apenas vivendo para entender.

Eles são pacíficos e amigáveis.

Infelizmente, sua espécie entrou para a lista de animais vulneráveis da União Internacional para Conservação da Natureza. Estar entre eles, portanto, é sentir o quanto cada ser vivo é importante para que nosso ecossistema siga harmonioso e completo.

Curioso por mais essa aventura para viver em Cancún? Encontre tubarões-baleia e outras espécies nos passeios guiados. Conheça outras opções como essa navegando em nosso site!