Publicado em

10 passeios inesquecíveis para curtir o verão em Cancun

Qual a melhor época para ir a Cancun?

O verão em Cancun é mais quente, mas as temperaturas são agradáveis o ano todo.

Quando se fala em férias, principalmente na época mais quente do ano, é fácil se lembrar do verão de Cancun. Afinal, são muitas praias e passeios que têm tudo a ver com a estação.

Para quem pretende visitar o local, é evidente que essa é a melhor época. Em julho, mês no qual é verão no México, a zona hoteleira está cheia de turistas de todos os lugares do mundo. A temperatura média é de 29 graus Celsius.

Como Cancun é quente o ano todo, os meses de dezembro a fevereiro, mesmo sendo inverno no local, são considerados de alta temporada. A temperatura é mais amena, mas ainda é alta – média de 24 graus Celsius. Para os brasileiros, é uma época favorável, em função das férias escolares, festas de fim de ano e recesso das empresas.

Os meses do spring break – março e abril – também são considerados excelentes para quem deseja ir a Cancun. Em muitos países, esse é um período de recesso e é bastante comum ver grupos de jovens norte-americanos que procuram muita diversão neste paraíso.

Como você pôde perceber, Cancun é receptiva para turistas o ano todo. Uma atenção especial, no entanto, deve ser dada ao período de furacões, do início de junho ao final de novembro, com ápice em setembro e outubro.

Isso não significa, entretanto, que haverá furacões. As chances são maiores de o fenômeno ocorrer durante esses meses. Nos últimos anos, isso não tem acontecido, deixando turistas e pessoas que lidam com o turismo no local bem mais aliviados.

Ainda nesse período de furacões, também nos meses de setembro e outubro, as chuvas são frequentes. Por isso, ela pode atrapalhar um pouco os planos dos viajantes. No entanto, quem viaja no verão também corre o risco de enfrentar dias chuvosos.

Você agora já sabe a melhor época para viajar. A seguir, conhecerá 10 sugestões de passeios incríveis para tornar o verão em Cancun muito mais rico e cheio de memórias incríveis.

10 passeios inesquecíveis para curtir o verão em Cancun

Falar em verão em Cancun é bem subjetivo, afinal, como você viu no tópico anterior, as temperaturas são quentes o ano todo. Conheça agora 10 passeios imperdíveis para essa época.

1. Cenote Ik Kil

O cenote possui dimensões impressionantes, fica a 2 horas da zona hoteleira e tem uma excelente infraestrutura.

Você que acompanha os textos do blog, sabe que os cenotes são muito comuns de serem encontrados no México – há milhares deles no país. Os poços naturais com água bem cristalina atraem muitos turistas, que se encantam com a beleza e a possibilidade de viver uma experiência única.

Alguns cenotes são fechados ao público em geral, mas esse não é o caso do Ik Kil, um dos mais famosos da região. Localizado próximo ao Chichen-Itzá, é perfeito para ser incluído em seu roteiro de viagem de verão para Cancun no mesmo dia de visitação do sítio arqueológico.

As dimensões do cenote são impressionantes. Está a 26 metros abaixo do nível do solo e tem 40 metros de profundidade e 60 metros de diâmetro.

O cenote fica a 200 quilômetros da zona hoteleira, totalizando 2 horas de viagem. A movimentação de turistas é bem mais tranquila no período da manhã e início da tarde. O local conta com uma boa infraestrutura, com lanchonete, restaurante, loja de souvenires e artesanato, além de um espaço para guardar mochilas e outros pertences.

2. Dolphinaris e Delphinus

Nadar com os golfinhos é a principal atração de ambos os parques. Você também pode acariciá-los.

Os parques são os mais tradicionais da região. Lá, além de um passeio incrível para fazer no verão de Cancun você ainda pode nadar com os golfinhos. Você pode fazer isso também no mar, mas, em razão das chuvas, os parques garantem que você pratique a atividade com maior segurança.

Em ambos os parques, é possível não só nadar com esses simpáticos animais, como também acaricia-los e aprender mais sobre eles.

O Dolphinaris fica em Tulum, bem próximo aos parques Wet n’ Wild e do Ventura Park Cancun. Você pode incluí-lo também no mesmo dia de visitação à Playa del Carmen, pois fica a apenas 15 minutos do local.

O Delphinus, por sua vez, fica próximo ao Parque dos Ojos, que abriga o cenote de mesmo nome.

3. Coco Bongo

O local conta com apresentações musicais e teatrais e é uma das principais atrações de Cancun.

A casa é perfeita para quem pretende aproveitar a agitação da vida noturna da zona hoteleira no verão em Cancun. É uma das mais famosas casas noturnas da região e é considerada por muitos a melhor.

As festas sempre começam após as 23 horas, com muita música, evidentemente, e também apresentações de artistas que, na maioria das vezes, fazem apresentações musicais. Sucesso das principais paradas do mundo são lembrados durante esses shows.

Mas as atrações não param por aí. O Coco Bongo também é conhecido por abrigar apresentações teatrais. Muitos atores interpretam atores e cantores famosos.

O público da casa é bem heterogêneo, com visitação de pessoas de todas as idades, não apenas jovens. A entrada custa cerca de 60 dólares, mas as bebidas são liberadas a noite toda.

4. Praias

A água azulada e cristalina é característica de muitas praias de Cancun e região.

Essas são as principais atrações do verão de Cancun. Se você optar por se hospedar na zona hoteleira, já terá uma opção em frente ao seu hotel. Mas você tem outras alternativas, tanto próximo a essa região como também em locais mais afastados, como Playa del Carmen.

No entanto, um aspecto comum entre todas as praias, independentemente da alternativa que você escolher, é a beleza. As águas são bem limpas e cristalinas e em tons de azul ou verde. A areia é clara, em muitas delas bem branca.

Você pode aproveitar, por exemplo, as praias Tortuga, Delfines, Las Perlas, Playa Linda, Chac Mool e tantas outras. Todas elas têm banheiro público e salva-vidas. Porém na grande maioria não são permitidos vendedores ambulantes, logo é importante levar algo para se alimentar.

Em algumas praias, nem sempre há guarda-sóis disponíveis, seja de forma gratuita ou para alugar.

5. Ventura Park

O Ventura Park é propício para praticar esportes radicais e nadar com golfinhos. É possível até andar de kart.

Esse é um parque de diversões no qual pessoas de todas as idades vivenciam momentos inesquecíveis no verão em Cancun. E não são só brinquedos como montanha-russa que fazem a cabeça dos visitantes. O Ventura Park é bem variado: é também um parque aquático e um local para a prática de esportes radicais.

Você pode praticar bungee-jump e tirolesa, nadar – inclusive com golfinhos –, apreciar os jogos eletrônicos mais modernos e também os clássicos, aqueles que marcaram a infância décadas atrás.

Para quem é fã de Star Wars, há um jogo de cinco fases inspirado nas batalhas mais importantes da série de filmes.

E, para quem gosta de velocidade, é possível andar de kart no Grandprix e ainda apreciar a bela paisagem litorânea local. Você pode apostar corrida em uma pista de 275 metros, caracterizada por curvas bem fechadas.

6. Museu Maia

Uma das peças expostas no museu, onde você pode conferir tudo sobre a civilização que habitou o México há alguns séculos.

Se você faz questão de visitar locais onde se pode apreciar e conhecer mais a história de um determinado local ou povo, o verão de Cancun também oferece opções nesse sentido. O Museu Maia fica na zona hoteleira e exibe muitas peças que contam a história da civilização maia, que ocupou o território mexicano no período anterior à colonização espanhola.

O museu fica a 10 metros do nível do solo e conta com um acervo de 3500 peças, mas apenas 10% delas estão em exposição. Joias, caveiras humanas, ferramentas e outros artefatos fazem parte dessa seleção à qual o público tem acesso.

Os itens são datados desde 350 a.C. até 1550 d.C. São três salas de exibição, fruto de cerca de 30 anos de pesquisas e trabalhos de arqueólogos na península de Yucatán.

O sítio arqueológico de San Miguelito foi inaugurado na mesma ocasião do museu e também vale a visita.

7. Isla Contoy

A ilha é desabitada e não tem água potável e energia elétrica. É um local totalmente preservado.

O verão de Cancun combina com locais cheios de turistas e outros visitantes, mas isso não é uma regra. A ilha é inabitada e você pode dedicar um dia de sua viagem para conhecê-la.

Durante a estação, as tartarugas depositam seus ovos. As visitas são supervisionadas por biólogos, que dão informações riquíssimas sobre a fauna e flora da área.

E não é só. Atividades muito populares na região de Cancun também estão presentes na ilha, como snorkel. Você ainda pode comer peixe fresco na praia ou simplesmente relaxar diante de um visual de uma beleza impressionante.

A Isla Contoy fica perto da Isla Mujeres e só é permitida a visitação de 200 pessoas por dia. O local não tem luz elétrica e água potável e sua paisagem não tem interferência humana. É realmente um programa imperdível para fazer no verão de Cancun.

8. Xel-Ha

O parque é bem completo e merece um dia inteiro de sua viagem. Possui atrações para pessoas de todas as idades.

O local conta com um aquário natural, onde é possível praticar mergulho. Também possui grutas e cenotes abertos à visitação e, além disso, pode-se conhecer ruínas maias e até mesmo andar de bicicleta.

Você pode reservar um dia de seu roteiro de viagem de verão em Cancun exclusivamente para conhecer o local, sem receio. Se vai com crianças, isso não é fator negativo, muito pelo contrário. As atividades do parque temático são perfeitas para toda a família.

Fica na Riviera Maia, a aproximadamente 120 quilômetros ao sul da zona hoteleira e a 13 de Tulum. É o maior aquário natural do mundo.

9. Museu submerso

A beleza das esculturas conta com a participação dos corais.

Imagine visitar um museu literalmente embaixo d’água. Além de ser uma experiência bastante original, é inesquecível. O local, o maior desse tipo em todo o planeta, tem 500 estátuas e, entre elas, muitos corais se abrigam.

A idealização do museu não foi apenas uma tentativa para atrair mais turistas. Foi também uma oportunidade de construir novamente a vida marinha local, bastante prejudicada pela ação do homem e de furacões.

Desde 2012, é possível fazer mergulhos no local, sob supervisão de operadoras turísticas.

As esculturas são feitas em cimento com pH neutro e interagem perfeitamente com o meio ambiente. É um local que não pode deixar de ser visitado.

10. Isla Mujeres

A ilha é muito popular e recebe muitos visitantes, oferecendo atrações para toda a família. A praia é apenas uma delas.

É um destino muito visitado por pessoas de todo o mundo que aproveitam o verão de Cancun. Seu acesso se dá através de um trajeto de 15 minutos em barco.

Suas praias são bem tranquilas e perfeitas para visitação de toda a família, principalmente crianças. A infraestrutura é muito boa, com lojas e restaurantes. Não é necessário se preocupar quanto a isso.

Como outros locais em Cancun, você consegue praticar mergulho e esportes aquáticos em geral. É possível ir de manhã ao local, passar o dia todo por lá e voltar apenas no final da tarde.

Você já sabe como aproveitar o verão de Cancun da melhor forma. Agora, é só começar a planejar a sua viagem e aproveitar tudo o que esse paraíso oferece.

Se você não sabe por onde começar, leia os outros textos do blog e tenha dicas especiais sobre cada etapa de sua viagem, desde o planejamento até o retorno. Para ficar por dentro de qualquer novidade, não deixe de visitar o site e conferir conteúdo novo e exclusivo.

Se surgir alguma dúvida, comente ou entre em contato de alguma forma. O verão em Cancun não pode ficar sem a sua presença, e esclarecer possíveis questionamentos é essencial.

Publicado em

14 dicas de viagem para Cancun

14 dicas de viagem para Cancun: planeje seu passeio perfeito

Cancun, uma viagem inesquecível.

Muitos são os motivos para Cancun ser um destino turístico de tanto sucesso. Sua versatilidade garante diversão e lazer para diversos públicos, seja em família ou com amigos, viajar para Cancun irá proporcionar uma experiência memorável para todos.

Mas, como em qualquer rota de sucesso, é preciso estar atento às pequenas armadilhas que esse paraíso pode causar ao seu bolso.

A melhor estratégia para garantir uma viagem perfeita é o planejamento e, para isso, defina o principal objetivo de sua viagem. Seja descanso, cultura, esportes de aventura ou compras, Cancun vai te proporcionar uma vivência ainda mais incrível se você souber se programar.

A seguir, você encontra dicas para aproveitar tudo nesse paraíso mexicano.

14 dicas de passeio para Cancun: como planejar sua viagem perfeita

Conheça as 14 melhoresdicas de viagem para Cancunque separamos para você!

#1 – Como chegar e se locomover

Quer mais liberdade em sua viagem? Alugue um carro!

Existem muitas alternativas para chegar à Cancun, os voos saem das principais metrópoles brasileiras como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Fortaleza, Belo Horizonte, Campinas e Manaus.

As escalas possuem normalmente uma parada, que podem ser em Bogotá, Cidade do México, Cidade do Panamá ou Estados Unidos. Atenção, se você não possui visto americano, escolha uma das alternativas que não passe pelos ianques, ou ficará preso no aeroporto!

Chegando à Cancun tenha certeza que será bombardeado por infinitas possibilidades de locomoção para chegar até seu hotel. Táxis, vans e até ônibus são alternativas, mas se você procura autoomia e economia, o melhor é alugar um carro.

As estradas de Cancun são ótimas e fáceis de trafegar, assim você também garante mais controle do seu tempo e, consequentemente, melhor aproveitamento da sua viagem.

#2- Documentação necessária

Fique atento aos documentos que deve ter em mãos.

Para entrar em Cancun é necessário passaporte válido. Os vistos, como mencionado anteriormente, só serão necessários se seu voo fizer conexão com os Estados Unidos.Contudo, se sua escala tiver parada no Panamá ou México, esse tipo de documentação não é requerida.

#3- Moeda utilizada

Você sabia que em Cancun não há somente uma moeda em circulação?

Em toda Cancun, a moeda corrente será o dólar americano, mas é interessante ter alguns pesos mexicanos no bolso, principalmente se o plano é fugir um pouco do circuito hoteleiro e desbravar mais da cultura mexicana conhecendo os arredores, como Tulum, IslaCozumel e Playa del Carmen.

Tenha ciência de levar uma boa quantia em espécie quando for conhecer essas regiões do entorno, já que muitas delas não trabalham com cartões de crédito devido a dificuldade do sinal de telefonia e internet.

Uma outraboa dica é ter em mãos uma tabelinha de conversão atualizada com a época da viagementre pesos, reais e dólares a fim de otimizar seus gastos e valorizar o dinheiro investido na viagem.

#4- Onde ficar

Para todos os gostos e bolsos, Cancun é versátil e dinâmicano quesito hospedagem.

Cancun é muito conhecida pelos seus resorts e hotéis 5 estrelas com a proposta All Inclusive, mas o que pouca gente sabe é que existem alternativas de qualidade exímia, para quem deseja economizar na hospedagem, como o caso dos hostels.

O lugar que você se decidir por ficar deve estar alinhado com o tipo de viagem que planejou para você e seus companheiros.

Se os anseios são sombra e água fresca, vale a pena pagar mais caro para ter todo o conforto inimaginável a seu dispor. Por exemplo, há o Resort Hyatt Ziva, o 5 estrelasqueridinho dos turistas, nele você terá a seu dispor mordomo na praia e todo o lazer e entretenimento dentro do seus próprio hotel.

Para quem não curte tudo incluso, uma ótima alternativa é o Grand Fiesta Americana Coral Beach Cancun, que não perde em qualidade, já que sua localização é excelente, bem “pé na areia”, além de piscinas e restaurantes maravilhosos.

O Hostel Mundo Maya possui ar condicionado e terraço, além de estar localizado próximo ao centro histórico de Cancun.

Para aqueles que fogem do agito uma boa saída é ficar nas regiões do entorno de Cancun, como Tulum ouCozumel. Um exemplo é o La Zebra Tulum, com uma pegada moderninha este hotel está pertinho dos principais restaurantes e comércio local.

#5- Onde fazer compras

De grandes marcas a artesanato local, você encontra de tudo em Cancun.

A versatilidade demarca o comércio de Cancun, seja para gostos refinados ou para quem é apaixonado pela cultura local, a cidade oferece uma ótima experiência de compras para todos.

O La Isla Shopping Village é um belíssimo shopping a céu aberto com um dossel encantador e guarnecido de lojas de grifes, além de museu e entretenimento. A galeria Luxury Avenue é ideal para quem procura grandes marcas em um só lugar.

Para os que valorizam a cultura local, nada como o Mercado 28 para adquirir artigos de artesanato e conhecer mais a fundo os mexicanos.

#6- Onde comer

Fuja do óbvio e prove também a culinária típica local.

Quando estamos em um país diferente do nosso, as aventuras gastronômicas são uma das experiências mais valorosas que podemos obter, por isso seguem algumas sugestões bem diferentes para comer em Cancun.

No restaurante Le Basillic, que fica dentro do hotel, Grand Fiesta Americana Coral Beach Cancun, você terá contato com o melhor da culinária mediterrânea e francesa.

Aqueles que preferem algo mais apimentado, nada como degustar da culinária mexicana no Señor Frog’s, que também chama atenção pelas performances que acontecem ao vivo no restaurante.

Parada indispensável,o Hard Rock Cafe é ideal para provar os tradicionais hambúrgueres americanos embalados no clássico rock n’roll.

Uma dica de viagem indispensável quando estiver em Cancun é provar a culinária típica local, para isso,o já citadoMercado 28é ideal.

#7- Praias

Águas cristalinas e areia branquinhas, um verdadeiro deleite.

As praias são obviamente o atrativo primordial para quem busca Cancun como destino de férias. Seu mar de águas cristalinas em tons turquesa é ainda mais belo que nas fotografias.

Na zona hoteleira oferecem a comodidade e o requinte de quem procura conforto e atendimento atencioso, mas quem decidir explorar a região não irá se arrepender ao encontrar cantinhos bem particulares e livres do aglomerado de turistas.

Playadel Carmen e Cozumel são localidades próximas e paradas indispensáveis para quem quer conhecer paisagens inesquecíveis e embarcar em aventuras como mergulho com cilindro ou snorkel.

#8- Bares e baladas

Se você procura agito vai adorar a vida noturna de Cancun.

A vida noturna de Cancun também faz jus a sua fama, pois há entretenimento para os mais diversos estilos,com as opções indo de bares à baladas, sempre recheadas de autenticidade e glamour.

Coco Bongo, talvez a mais famosa de Cancun, é uma mistura de balada, casa de shows e apresentação circense. Quem optar pela entrada VIP conseguirá aproveitar ainda mais, devido à melhor localização para assistir as apresentações e um bem servido open bar. As atrações se entremeiam entre performances no estilo Cirque du Soleil, shows de artistas famosos e DJs que tocam de tudo.

Mandala é outra balada renomada, mescla apresentações artísticas com performances DJs de música eletrônica e latina.

Os já citados SeñorFrog’s e Hard Rock Cafe são alternativas de bares bem interessantes, sendo o primeiro deles uma ótima pedida para quem busca diversão sem limites, com direito a subida no palco e desafios com tequila e o segundo, com uma pegada mais tranquila, mas não por isso menos divertida.

#9- Pontos turísticos

Conhecer mais sobre a cultura e história local também são parte indispensável desta viagem.

Para quem acredita que uma viagem só é perfeita se ela mesclar diversão e cultura, então temos uma ótima dica de viagem! Não deixe de incluir em sua rota, ChichénItzá, uma cidadezinha arqueológica Maia, bem próxima à Cancun.

É nesta região que está localizado o Templo de Kukulcán, monumento pertencente à civilização Maia, também conhecido como El Castillo, uma espécie de pirâmide, que na realidade trata-se de uma construção milimetricamente planejada, sendo somente um exemplo de tudo o que pertencia a essa civilização, também riquíssima em conhecimento matemático, astronômico e de escrita.

#10- Parques

Diversão para toda a família nos parques de Cancun.

Se você procura dicas de viagem para Cancun em família, não deixe de visitar ao menos um dos parques de Cancun e região.

Dos mais aclamados estão oXCarete oXel-Há. O primeiro deles possui uma proposta bem ecológica, com espaço para mergulho em rios subterrâneos, contato com fauna e flora local e muitas atividades culturais. É um grande clube de águas naturais, imperdível para conhecer um pouco mais das belezas naturais que os arredores de Cancun têm a oferecer.

A segunda sugestão, Xel-Há, não fica atrás em qualidade e beleza. Neste parque não há rios subterrâneos, mas um cenote coberto, que é uma espécie de caverna que atrai e encanta os turistas. A grande vantagem deste parque está na inclusão de todas as atividades no preço do ingresso, inclusive as refeições e bebidas.

Ainda há o Xplor, ideal para aventureiros de plantão, com atividades como tirolesa e mergulhos.

#11-(Mais) Passeios

Um museu submerso é o que te espera em Cancun.

São muitas as atrações para quem busca momentos inesquecíveis nesta viagem. Como já falamos um pouco anteriormente, os esportes de aventura como mergulho dos mais diversos tipos estão entre os preferidos entre os turistas de Cancun.

Um passeio imperdível é conhecer o Musa, museu submarino que teve como ideia a conscientização da preservação ambiental de Cancun e região, dando certo descanso para os arrecifes naturais que acabam sendo muito explorados pelo turismo.

São mais de 470 esculturas que foram submersas e acabaram virando morada para cardumes e recifes de coral.

Para os que não arriscam ir tão fundo, há várias opções de mergulhos com snorkel. A visita neste caso acontece em águas claras, calmas e rasas, onde é possível entrar em contato com recifes de coral multicoloridos e tartarugas marinhas. Este passeio pode ser desfrutado na Riviera Maya e Cozumel.

Ainda há possibilidade de mergulho com tubarões-baleia e navegar em uma moto submarina.

#12- Melhor época para ir

Atente-se ao calendário e aproveite tudo o que Cancun tem para lhe oferecer.

O período entre junho até novembro é conhecido pela temporada de furacões, embora seja improvável que um desses passe por Cancun justamente quando você foi viajar. De qualquer forma, é interessante evitá-los principalmente por conta das intensas chuvas que ocorrem nesses meses.

A alta temporada começa em dezembro e se alarga até abril, época em que também ocorre o Spring Break, na qual Cancun se vê tomada pelos americanos. É bom planejar, para evitar preços mais altos e aglomerações deste período.

No entanto, é defevereiro a maio, ou seja, dentro da alta temporada, que foram eleitos os melhores meses para visitar Cancun e seus arredores.

#13- Como economizar no paraíso

Aprenda a poupar, mesmo estando de férias!

Ainda que a temporada de férias seja um momento para relaxar, é importante saber aproveitar o melhor que seu destino sem gastar além do necessário.

As dicas para poupar em uma viagem à Cancun são, na realidade, válidas para qualquer roteiro. Primeiramente pesquise, desbrave sem medo os sites especializados em viagens, mas também leia muitos blogs de quem já curtiu e aprovou o destino que você planeja conhecer.

Os suvenires são indispensáveis? Então procure comprá-los em lugares não tão “turísticos”, uma dica perfeita para aplicar em Cancun é fazer essas comprinhas em lojas de conveniência e supermercados, os produtos serão os mesmos e você pagará muito menos por eles.

#14-Fuja do All Inclusive

Sua viagem dos sonhos está mais possível de acontecer do que você imagina.

Deixamos essa dica por último, exatamente para você perceber conosco como o All Inclusive não vale a pena.

Para entender melhor, o All Inclusive é uma prática muito comum oferecida pelos hotéis a fim de que seus turistas fechem pacotes completos de seus serviços. No entanto, como podemos perceber, é bem provável que você não fique apenas no hotel durante todo o período de sua estadia, aliás, nem é aconselhado, afinal, são muitos passeios e lugares interessantes para conhecer e seria um grande desperdício ficar apenas em um só local.

Há também a possibilidade, ainda que remota, de que você não goste dos serviços, ou mesmo do restaurante de sua hospedagem, imagine ter que ficar a mercê de algo que não te agradou durante todos os dias de sua estada?

A dica final de viagem para Cancun é saber aproveitar ao máximo tudo o que esse paraíso tem a lhe oferecer.

Gostou do nosso conteúdo? Com essa bagagem de conhecimento adquirida, agora só falta mesmo arrumar as malas, certo? Então, continue seguindo nossas publicações e boa viagem!

Publicado em

Roteiro de 4 dias em Cancun: o que fazer?

Vistas deslumbrantes, praias paradisíacas, monumentos milenares e uma vida noturna vibrante. Essas são algumas das opções de o que fazer em Cancun em 4 dias! Localizada na costa sudeste do México, mais especificamente na península de Yucatan, essa cidade cheia de vida oferece diversão constante a todos que a visitam.

Cancun é o destino certo para quem quer desfrutar de lindas praias e curtir a natureza, além de fazer passeios incríveis com toda a família. Há uma grande diversidade de atrações, o que é sempre um ponto positivo.

Mas, ao mesmo tempo, fica difícil escolher o que programar para 4 dias de roteiro. Assim, torna-se fundamental ter um bom planejamento para não se perder e fazer da viagem uma lembrança inesquecível.

Pensando nisso, preparamos aqui um guia de o que fazer em Cancun em 4 dias, selecionando os melhores lugares para se conhecer, desde as praias de areias branquinhas, passando pelos sítios Maias, até a natureza deslumbrante do México. Venha conferir e se inspirar nesse roteiro!

Dia 1

Por conta do cansaço da viagem, o primeiro dia deve ser sempre mais calmo. Muitos preferem colocar as malas no quarto e curtir o que o próprio hotel oferece, como as piscinas, o spa e a sauna.

Já outros preferem sair e conhecer lugares mais próximos, como as praias exclusivas que alguns hotéis têm. Por sorte, Cancun oferece diversas opções para descansar e aproveitar o passeio ao mesmo tempo.

Relaxar nas piscinas, curtir a vista, fazer uma massagem relaxante no spa ou passar um tempinho na sauna podem ser ótimas opções para seu primeiro dia de viagem para Cancun.

Após sua chegada, é importante se informar sobre os serviços do hotel, a região em que ele se encontra, o que tem nas proximidades e quais os pacotes de passeios oferecidos. Ou seja, tudo que possa te ajudar a tornar a viagem mais tranquila e prazerosa.

Caso você chegue pela manhã ou no começo da tarde e não queria passar o dia dentro do hotel, há uma praia em especial que pode ser a escolha perfeita para relaxar e começar seu roteiro de o que fazer em Cancun em 4 dias: Playa Tortugas.

PlayaTortugas fica na região hoteleira e oferece o cenário de descanso perfeito para os visitantes. Aproveite o mar azul turquesa ou a sombra de um guarda-sol para começar a viagem muito bem.

Essa praia pública é considerada uma das melhores da cidade. Bem organizada, ela tem uma atmosfera tranquila e areia limpa, além de ser banhada por um mar deslumbrante. Por isso, vale a pena conhece-la, seja andando, caso o hotel fique próximo, seja de táxi, uma opção barata para a família.

Você não precisará se preocupar com a alimentação também, pois há quiosques e restaurantes por todos os lados, garantindo o conforto de quem quer curtir o clima por um bom tempo.

Dia 2

Para o segundo dia, agora mais descansado, uma ótima opção é o museu de esculturas sob a água mais famoso do mundo, o Museo Subacuatico de Arte (MUSA). Esta é também uma excelente oportunidade para mergulhar nas águas cristalinas de Cancun e ainda ver um pouco da vida marinha preservada ali.

Localizado na linda Isla Mujeres, e de fácil acesso pela Playa Tortugas, este museu foi feito como uma forma de proteger a vida marinha e os recifes de corais que crescem na região, mas que estavam ameaçados.

Com o novo projeto, a fauna e a flora subaquáticas puderam voltar a crescer e se desenvolver tranquilamente, utilizando as próprias esculturas como proteção. Segundo os idealizadores, é um projeto que ficará para as próximas gerações.

As grandes estátuas estão espalhadas pelo fundo do mar na região que compreende o MUSA.

Assim como nos museus tradicionais, cada escultura tem um significado diferente. A vida marinha também se torna parte da exposição, embelezando o cenário. Ou seja, um dos roteiros perfeitos de o que fazer em Cancun em 4 dias.

O MUSA pode ser visitado por mergulhadores profissionais e amadores. No entanto, as quase 500 esculturas em tamanho real, a 9 m de profundidade, são visualizadas melhor de perto, ou seja, mergulhando. A vista não é tão nítida de cima com o snorkel, mas, de qualquer forma, é um passeio incrível.

Algumas figuras são bem interessantes. Por exemplo, há a mulher grávida, que representa a vida e o povo mexicano. Mas, um dos maiores destaques é o “homem em chamas”, um pescador com corais de fogo ao longo do corpo.

Depois, que tal uma tarde maravilhosa no Parque Natural Garrafón? Igualmente conhecido como Parque Arrecife Garrafón, também está localizado em Isla Mujeres. Famoso por suas belezas naturais e pelas atividades recreativas, oferece o melhor da ecologia caribenha para toda a família.

Além de uma longa tirolesa que leva mar adentro, o Parque Natural tem outras atrações, que incluem mergulho e trilha. Independentemente de qual atividade você irá escolher, a vista é sempre de tirar o fôlego!

Em uma das principais atrações, os visitantes voam sobre as águas azuis em uma tirolesa que percorre o mar. A ideia é que o visitante se sinta no meio daquele oceano caribenho deslumbrante.

Há ainda caminhos naturais, passeio de bicicleta pela costa, canoagem, mergulho nos recifes com snorkel, nado com golfinhos e muito mais. Se você ainda estava em dúvida sobre o que fazer em Cancun em 4 dias, esse é o local ideal para toda a família.

Dia 3

Se você quer conhecer mais do que as praias e fazer da sua viagem uma experiência completa e inesquecível, 2 lugares imperdíveis para se ir com toda a família são Chichén Itzá e o Cenote Ik-Kil, considerado um lugar sagrado pelos Maias.

Este é um dos passeios mais espetaculares para se fazer em Cancun em 4 dias. Por isso, você pode contratar um pacote que leve até os 2 lugares, já que são próximos. Geralmente, os próprios hotéis oferecem, custando, em média, US$70 com refeição inclusa. A viagem até Chichén Itzá demora cerca de 2h30 de ônibus, mas vale muito a pena.

Este é segundo sítio arqueológico Maia mais visitado do México e uma das principais descobertas da península de Yucatan, além de patrimônio Mundial da Unesco. Por isso, chegue bem cedo, pois fica cheio de turistas querendo uma foto nesta que é umas das Sete Novas Maravilhas do Mundo.

A extraordinária pirâmide Castillo, uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo,é um dos destinos que não podem faltar na sua lista de o que fazer em Cancun em 4 dias.

Com suas ruínas, pirâmides e imensos templos Maias, esse lugar tem um significado histórico e cultural capaz de encantar qualquer um. Você pode visitar diversos templos, como o dos Guerreiros, o dos Jaguares e o das Mil Colunas, todos incríveis.

Há também um campo de esportes tradicional daquela época, que atraia uma imensidão de espectadores. Há imagens entalhadas nas paredes de pedra mostrando detalhes do esporte e as regras do jogo.

Então, se você gosta de esportes e adora conhecer mais da história dos lugares que visita, esse roteiro é obrigatório na sua lista de o que fazer em Cancun em 4 dias.

Contudo, talvez o monumento mais importante do sítio arqueológico seja a Pirâmide Castillo. Esta imensa estrutura é repleta de simbolismos cosmológicos e pode ser acessada através de uma escadinha, que leva a uma vista magnífica.

Quando terminar sua visita a Chichén Itzá, você pode ir até o Cenote Ik-Kil para um mergulho refrescante. Os Cenotes, nome que vem do Maia e significa “poço secreto”, são enormes poços naturais escondidos em grandes grutas em meio à natureza, formando lindas cavernas e rios subterrâneos.

Localizado a apenas 3 km do sítio arqueológico, possui entrada por cerca de R$15 por adulto e a metade para crianças. Dá direito a nadar no cenote e utilizar os vestiários do hotel ecológico que ali se encontra.

Dar um mergulho nas águas azul turquesa do cenote Ik-kil é uma experiência única e mágica.

Lembre-se de usar roupas e calçados confortáveis e leves, protetor solar e chapéus, além das roupas de banho e toalha, caso queira dar um mergulho em Ik-Kil. No verão, é importante levar também água para se manter hidratado, já que o calor é intenso.

Dia 4

Depois de muitas aventuras, separe o quarto dia para desacelerar um pouco, mas sem deixar de curtir muito. Por isso, uma ótima opção é o Zoológico Crococun, que abriga espécies em extinção e fica em meio à natureza da Riviera Maia.

A aproximadamente 31 km de Cancun, o local abre todos os dias e é fácil de chegar. Existe um ônibus que parte da estação central e para em sua porta.

Nele, você terá a oportunidade de conhecer mais de 400 animais de 40 espécies diferentes. Ainda poderá interagir com papagaios, macacos e muitos outros animais silvestres do México, além de conhecer os grandes crocodilos!

Ou seja, se você ainda está em dúvida de o que fazer em Cancun em 4 dias, esse é com certeza diversão garantida para toda a família.

O zoológico tem um lindo trabalho cuidando de animais em extinção e, ao mesmo tempo, trazendo o público para perto dos bichos.

O tour interno do zoológico custa cerca de US$30 e inclui visita guiada com acesso aos animais. O passeio dura em torno de 1 hora e é feito em uma trilha em meio à deslumbrante natureza. Você ainda pode comprar um pouco de comida e alimentar os bichos.

Após a trilha, há lugares sob as árvores para relaxar e curtir o ambiente. Não deixe de usar roupas leves, sapatos confortáveis e beber muita água, pois o calor é intenso e a umidade prevalece na mata.

Depois dessa visita incrível, ao voltar para Cancun, você pode comprar umas lembrancinhas. Por isso, sugerimos que você passe em algum shopping tradicional, como o Mercado 28, ou em lojas de artesanato, como a Plaza la Fiesta. Você pode ainda caminhar pela lindíssima Avenida Tulum e aproveite para conhecer os quiosques com souvenirs.

Para fechar com chave de ouro seu roteiro de o que fazer em Cancun em 4 dias, à noite, uma boa pedida para curtir a janta é o restaurante La Habichuela Sunset. Lá você poderá desfrutar de uma vista linda para o pôr do sol sobre o mar e uma curiosa decoração inspirada nos Maias e em sua cultura milenar, com quadros, objetos e esculturas típicas.

Independentemente do período em que se vai, o restaurante oferece uma grande variedade de pratos yucatecas, desde sofisticados frutos do mar, passando pela fusão da cozinha mexicana-caribenha, até cortes de carnes e pratos internacionais. Sem falar nas diversas bebidas e sobremesas.

Com sua decoração inspirada na cultura Maia e janelões com vista para o pôr do sol, o La Habichuela Sunset vai fechar com chave de ouro seu roteiro de o que fazer em Cancun em 4 dias.

Você poderá comer bem, assistir a um show com danças tradicionais e se divertir muito, deixando boas memórias para sempre.

Durante a noite acontece um show tradicional, com representações de rituais e cerimônias do antigo povo Maia, que eram realizados há mais de 10.000 anos. É um momento para prestigiar a cultura e a história local de forma descontraída e empolgante.

Com esse roteiro de o que fazer em Cancun em 4 dias, você e sua família aproveitarão cada minuto, tornando sua viagem inesquecível. Para conhecer mais sobre a região, não deixe de acessar nosso Guia Especializado de Cancun, que vai te ajudar a programar todos os passeios da melhor forma possível. Depois, é só fazer as malas!

Você conhece algum dos passeios aqui sugeridos ou tem o sonho de conhecer? Conte para nós nos comentários abaixo! Até a próxima!

Publicado em

Roteiro de Cancún: o que fazer em 5 dias?

Localizada na Península de Yucatán, no México, Cancún é considerada uma região paradisíaca. A cidade é banhada pelo mar do Caribe, e contacom atrações que vão desde ilhas selvagens (como a famosa Cozumel), passando pelas mais incríveis boates caribenhas até sítios arqueológicos, considerados sagrados. Para conhecer essa maravilha, dê uma olhada neste Roteiro de Cancún para 5 dias e planeje sua viagem.

Para o sucesso da viagem, você precisará:

  • Escolher os pontos turísticos que deseja visitar, como praias, parques, trilhas, museus ou sítios arqueológicos. Tudo isso detalhadamente, para que não haja perda de tempo e dinheiro;
  • Estudar como é o clima da região durante o ano, a cultura local, o nível de violência do lugar (para que saber onde ir e o que evitar);
  • Dar uma analisada no custo de vida da região e, assim, planejar bem o orçamento para saber quanto poderá gastar e em quais eventos;
  • Definir se fará uma excursão ou viajará sozinho;
  • Determinar o tempo total da viagem e de visita a cada ponto;
  • Procurar saber sobre as peculiaridades do local para que possa se preparar e fazer a viagem dos seus sonhos sem grandes surpresas.

Outro cuidado que geralmente é negligenciado é com o famigerado seguro viagem, que, para muitos, trata-se de um enorme desperdício, por acreditarem que jamais precisarão utilizá-lo, e que seria uma verdadeira estupidez pagar por algo que não irá ser usado.

No entanto, a opinião de boa parte dos que já estão acostumados com esse tipo de aventura,você deve ter essa segurança, porque, além de evitar problemas durante o passeio, em alguns países ele é exigido no setor de imigração, e quem não possui simplesmente terá que ver seu sonho ir por água abaixo.

Veja aqui o melhor roteiro de Cancún para 5 dias com dicas fáceis e práticas para quem quer conhecer esse paraíso.

Dia 1

Burritos em quantidades generosas a um preço acessível no The Surfin Burrito.

O recomendado para o primeiro dia em solo estrangeiro é, sem dúvida, o descanso. Logo, o ideal é o reconhecimento dos arredores do hotel onde você está hospedado que, no caso de Cancún, pode ser considerado um evento à parte.

São praias privativas, bares, restaurantes, praças, monumentos, entre outras atrações que servirão como bons aperitivos para futuras incursões.

À tarde, uma boa pedida é conhecer o famoso Dolphinaris Cancun. Uma espécie de aquário, localizado dentro de um hotel, ao lado do Ventura Park, cuja principal atração é a interação com os golfinhos, que podem ser vistos bem de perto.

Poder nadar e interagir com golfinhos são alguns dos sonhos realizados na cidade de Cancún.

Por um valor que não ultrapassa os US$ 110 dólares, o visitante poderá mergulhar com os bichinhos (com direito a ser impulsionado por eles dentro da piscina), participar de pequenas sessões de adestramento, conhecer o funcionamento dos bastidores, além de fazer parte da equipe que integra o “Treinamento de um Dia”, onde conhecerá as técnicas dos adestradores e detalhes sobre os espécimes.

Já à noite, a dica é jantar em um dos mais simples e bem recomendados restaurantes de Cancún, o The Surfin Burrito.

Popular, entre outros motivos, pelo fato de servir, para muitos, o melhor burrito de toda a região, por um preço extremamente acessível e em quantidades enormes. O ambiente é simples e rústico, e conta com música ao vivo. É o local ideal para quem prefere fugir do requinte (e dos preços) das grandes casas, sem deixar de apreciar o melhor da comida mexicana.

É uma espécie de self-service, onde o cliente poderá montar pratos imensos, a um baixo custo, e se servir de saborosos drinks (pina colada, mojitos, margueritas, coronas) e comidas vegetarianas com um toque local. O bom atendimento, a limpeza e a organização também são pontos positivos dessa pedida.

O The Surfin Burrito fica aberto 24h, e ainda oferece a vantagem ficar no centro de Cancún, a poucos minutos da praia de Chac Mool e do Coco Bongo, bem na zona hoteleira da cidade, com fácil acesso pela Avenida Kukulcán.

As missas, realizadas em espanhol, são um evento à parte na Parroquia de Cristo Resucitado.

Dia 2

As missas, realizadas em espanhol, são um evento à parte na Parroquia de Cristo Resucitado.

Já para o segundo dia, quando já não se quer nem mais ouvir falar em descanso, recomenda-se a Playa Langosta, considerada “parada obrigatória” para todos que vão até a Isla Mujeres.

Essa praia é bastante famosa por ser uma das mais calmas e sossegadas da região, e, por isso mesmo, excelente dica para o seu roteiro de Cancún em 5 dias, já que não terá muito tempo para conhecer tudo o que a cidade oferece.

Ainda para completar as suas qualidades, é uma das poucas não privativas dos hotéis — que praticamente monopolizam a diversão na cidade —,apenas com o desconforto de não oferecer, na maior parte da sua extensão, uma estrutura adequada, sendo necessário levar mantimentos e demais provisões para o passeio.

À tarde, a dica é para você conhecer a singela Parroquia de Cristo Resucitado, uma igreja rústica, ampla, bastante arejada, que envolve os visitantes em um clima de paz, harmonia e espiritualidade, e certamente encantará você.

Museo Maya de Cancun, um mergulho na história das civilizações antigas.

Sua arquitetura é considerada bastante singular, já que, apesar de moderna, guarda traços que lembram o passado da região. As missas são realizadas em inglês e espanhol (o seu grande destaque). Entre várias imagens e esculturas dessa igreja encantadora estão a do Cristo Ressuscitado e uma tridimensional de Nossa Senhora de Guadalupe.

Para completar o dia, experimente uma vista ao Museo Maya de Cancún, uma verdadeira viagem na história do México — especialmente dos Maias, Incas e Astecas —, com direito a exposições, áudios, vídeos, mapas, além de poder contemplar ruínas pré-históricas originais, que datam de vários séculos, com achados dos subterrâneos de Tulum e Cobá, e outros sítios arqueológicos da região.

O Museu fica na Zona hoteleira de Cancún, a apenas alguns minutos da Playa Delfines e do Shopping La Isla, uma das mais valorizadas regiões da cidade.

Dia 3

Descoberta por acaso, as ruínas de Chichén-Itzá são uma das maravilhas do mundo moderno.

O terceiro dia do roteiro de Cancún feito em 5 dias irá começar muito bem com um passeio pelo La Isla Shopping Village, um shopping a céu aberto, bastante original, nos arredores de uma marina de onde partem vários passeios para ilhas adjacentes.

O La Isla é considerado um dos shoppings com o maior custo-benefício de Cancún, com preços que podem ser comparados aos que são praticados no Brasil, porém com a vantagem de oferecer atrações interessantes, como passeios de jet-ski, diversões aquáticas, espaço para crianças, além de restaurantes, bangalôs de frente para a marina, bares, lojas de souvenirs, marcas renomadas, cafés (com destaque para o famoso Starbucks), tudo isso a pouca distância do centro agitado da cidade.

À tarde, a pedida é conhecer as misteriosas ruínas de Chichén-Itzá, onde as mais preservadas datam de pelo menos 1400 anos, tornando o local um lugar sagrado e o preferido para cultos e oferendas aos antepassados Maias.

Com quase 13 mil visitas diárias, Chichén-Itzá é considerada uma das maravilhas do mundo moderno, Patrimônio Mundial da Unesco, e, por isso mesmo, faz parte do roteiro obrigatório de Cancún em uma viagem de 5 dias.

La Isla Shopping Village: um shopping a céu aberto, repleto de marcas renomadas, em plena zona hoteleira de Cancún.

Lá, é possível admirar imponentes esculturas de pedra, pirâmides e obeliscos. Isso sem contar que você pode visitar o Templo de Kukulcán (o “Deus do Trovão”, para os Maias), o Templo dos Guerreiros, o Templo dos Jaguares, entre outros.

Para concluir esse “roteiro arqueológico”, a dica é visitar também os mistérios da El Rey Ruins ou Zona Arqueológica El Rey, uma viagem a um passado onde a civilização Maia reinava absoluta.

A apenas alguns minutos da Playa Delfines, na zona hoteleira de Cancún, a Zona Arqueológica pode ser admirada em um tour, de aproximadamente, 50 minutos. É um mergulho na ancestralidade mexicana em meio a uma natureza exuberante onde o visitante poderá encontrar as mais diferentes espécies de iguanas e salamandras, entre outros animais semelhantes.

Dia 4

Da Torre Escênica (que gira 360º) é possível contemplar, praticamente, toda a região principal de Cancún.

Agora talvez seja a hora de buscar aventuras mais radicais nesse roteiro de Cancún por 5 dias, e, já pela manhã, por que não conhecer a Torre Escênica? Uma estrutura com mais de 80m de altura, e que leva o turista para uma das melhores experiências da cidade.

No alto, a sua estrutura é giratória (360º), permitindo uma visão panorâmica de toda a região, com seus lagos, parques, trilhas, principais casas de shows, sítios arqueológicos; e tudo o mais que puder ser alcançado pela visão humana.

A dica, nesse caso, vai para aqueles que compraram um pacote para conhecer parques, como o Xel-Há, Xcaret, Chichén-Itzá, XPlor, pois todos receberão uma espécie de cortesia que dá direito a ir até a torre de graça e apreciar uma das mais encantadoras paisagens de Cancún.

Na parte da tarde, uma boa experiência é visitar o Interactive Aquarium, localizado dentro do shopping La Isla, que une tecnologia à natureza.

Trata-se de uma imensa estrutura repleta de golfinhos, estrelas-do-mar, enguias elétricas, tartarugas exóticas, leões marinhos, arraias, entre outras espécies que fazem a festa principalmente das crianças, mas também dos adultos, que podem mergulhar com os animais (inclusive serem impulsionados por eles), tocar nos bichos mais curiosos do planeta, e, para coroar o espetáculo, deliciar-se com o show dos golfinhos, que geralmente acontece a partir das 18h, e que é, para muitos, o ponto alto da visita.

Uma festa “muita louca”: é como os jovens definem uma noite em Coco Bongo.

Para a noite, o recomendado é largar tudo e mergulhar de cabeça naquela que é considerada a “melhor balada de Cancún”, o Coco Bongo, o ambiente perfeito para quem agora está psicologicamente preparado para uma das noites mais agitadas, originais e “loucas” do planeta.

Logo na entrada, um grupo de clowns recebe os visitantes com malabares e vários tipos de performances, que são só um aperitivo para o show de luzes, sons, efeitos e apresentações que ocorrena casa até às 2h da manhã, quando é hora da música eletrônica entrar em cena pelas mãos mágicas dos melhores DJs da atualidade.

Dia 5

Enfim, é hora de dar adeus a uma das maiores experiências que o turismo pode proporcionar a um indivíduo. Para terminar, nada melhor do que, logo ao amanhecer, visitar a tranquila Playa Delfins, uma das mais belas da região, devido às suas águas azul-turquesa, areias branquinhas e um clima leve e paradisíaco.

Para muitos, a melhor praia pública da região, e, por isso mesmo, não poderia ficar de fora de um roteiro de Cancún por 5 dias.

Com boa estrutura em alguns trechos, atrai os turistas pela sua beleza natural, limpeza, segurança, e, é claro, o famoso letreiro CANCÚN, que, de tão disputado, chega a formar imensas filas só para sessões de fotos.

Além disso, a região tem estacionamento grátis, um bom centro comercial a poucos metros do local, banheiros bem conservados e pouco movimento de vendedores ambulantes. O lugar é tão convidativo que chega a servir como palco para inúmeros casamentos durante o ano.

À tarde, uma experiência única pela cidade de Cancún, e como preparação para a última noite de agito, a dica é relaxar ao longo da Avenida Kukulcán (a principal da cidade), com acesso a todos os principais

Avenida Kukulcán, a principal via de acesso a todos os eventos em Cancún.

Esse lugar é um convite para uma boa caminhada pelas margens de um lago de águas tranquilas ou um bom passeio de bike pelos quase 27 Km de ciclovias que contornam uma avenida arborizada, repleta de shoppings, academias a céu aberto, praças infantis, entre outros inúmeros atrativos.

E como le grand finale, a sua última noite pode ser reservada para o Mandala Cancun, uma das melhores casas de shows da cidade. Ela é famosa pelo seu curioso evento conhecido como Mardi Gras Party, onde um concurso com a participação de mulheres trajando camisetas molhadas leva os homens a um verdadeiro estado de êxtase.

Para completar, shows com o melhor da música eletrônica mundial, piscinas dentro do estabelecimento e os mais famosos drinks da cidade em um ambiente de total interatividade, onde o público torna-se parte essencial da festa.

Nada como sentar e relaxar diante de uma das mais belas paisagens do mar do Caribe.

E, então, o que achou do roteiro de Cancún por 5 dias? Deixe seu comentário sobre este artigo e continue acompanhando dicas bacanas para realizar a viagem dos seus sonhos.

Publicado em

Férias inesquecíveis: um roteiro de 7 dias em Cancun

Passar as férias em Cancun é uma das melhores opções para quem curte praia, animação e muito calor humano. São tantas atrações que é mais do que necessário fazer um planejamento antes do embarque.

Se você está pensando em conhecer esse lugar incrível, mas não tem muito tempo, saiba que até mesmo períodos curtos podem ser muito bem aproveitados se programados com antecedência.

Não sabe por onde começar? Veja a seguir um roteiro completo de 7 dias, começando na segunda-feira e terminando no domingo, para que você possa ter as melhores férias em Cancun.

Segunda-feira

O primeiro dia é marcado pelo cansaço da viagem. Mesmo que você não perca a disposição com longas jornadas, nunca se sabe se terá um atraso ou um evento inesperado. Por isso, procure explorar um pouco mais o local de hospedagem e seus arredores.

Se você chegar ainda pela manhã, procure aproveitar o que o hotel ou albergue oferecem, como piscina, sauna ou jogos. Você pode também visitar a praia mais próxima para já entrar no clima das suas férias em Cancun.

Começar a viagem conhecendo os lugares próximos à sua hospedagem é ótimo para recarregar as energias.

Terça-feira

No segundo dia, já descansado, é hora de aproveitar ao máximo tudo o que essa maravilhosa região proporciona.

Para começar de fato suas férias em Cancun, uma boa opção é visitar Isla Mujeres, um local com águas cristalinas e bem azuis. O trajeto é feito de balsa a partir de Puerto Juárez, localizado na região central.

Dá para passar o dia inteiro lá. A ilha possui restaurantes e sorveterias, onde você e seus acompanhantes podem desfrutar da boa gastronomia local. A Torre Cênica tem uma vista incrível, vale a pena visitar.

Se você gosta de praticar snorkeling ou curtir belas praias, uma excelente opção para a tarde é ir até Punta Sur e, de quebra, apreciar o maravilhoso pôr do sol. O caminho é feito de moto ou carrinho de golfe, ambos podem ser alugados.

A Isla Mujeres oferece inúmeras opções de programas.

Quarta-feira

Reserve este dia para conhecer uma parada obrigatória para qualquer viagem de férias em Cancun: Playa del Carmen.

Localizada a 1h da zona hoteleira, é ideal para quem ama praia, mas é avesso às aglomerações.

As opções de atividades são muitas, desde fazer compras até explorar os diversos restaurantes da região, que possuem comidas típicas de vários locais do mundo.

Outra dica de passeio é ir até Cozumel. A ilha fica a cerca de 1h30 de Playa del Carmen e é considerada um dos melhores lugares para mergulho no planeta.

Mais tranquila, a Playa del Carmen fica a 1h de Cancun.

Quinta-feira

Aproveite este dia para conhecer Tulum, um sítio arqueológico maia localizado a 65km de Playa del Carmen. A vista é maravilhosa, com as ruínas e o mar do Caribe ao fundo. Só isso já vale a viagem.

Antes, porém, vá até Akumal, que fica no caminho entre Playa del Carmen e Tulum. Lá você poderá nadar ao lado de tartarugas marinhas. É uma experiência incrível!

Tulum: as ruínas maias e o mar cristalino estão entre seus principais atrativos.

Sexta-feira

Já que está na estrada, por que não passar em Chichén Itzá? Para quem gosta de história e agregar conhecimento, passar as férias em Cancun é a opção perfeita.

Com a ajuda de mapas ou um guia turístico, você saberá tudo sobre como a civilização maia vivia no local.

Se preferir uma experiência mais radical, visite um dos parques aquáticos da região que ficam no caminho para Cancun. No Xplor, Xcaret ou Xel-Há você pode praticar tirolesa, apreciar a fauna e nadar em rios águas cristalinas.

Chichén Itzá é um local perfeito para quem busca conhecimento em viagens.

Sábado

Um dia antes do final da viagem (passa bem rápido!), retorne para Cancun cedinho para aproveitar mais o dia.

Ao chegar na sua hospedagem, não deixe de visitar as praias públicas locais, que possuem areia fininha e um mar de cores fortes, variando entre azul e verde.

As opções são muitas: Playa Tortuga, Chac-Mool, Delfines, entre outras. Esta última, inclusive, tem uma vista incrível, sendo também chamada de El Mirador.

O cuidado maior com o banho nesses locais é em relação à agitação da água. Procure as bandeirinhas que indicam até que ponto se pode chegar, principalmente se não souber nadar no mar ou estiver acompanhado de crianças.

Playa Delfines é uma das praias públicas que não podem faltar no seu roteiro de férias em Cancun.

Também aproveite a noite para visitar o centro de Cancun, comer alguma coisa e fazer uma caminhada antes do último dia.

Domingo

O último dia é como o primeiro: nada de viagens longas. É preciso se preparar para o retorno de sua viagem de férias em Cancun.

Portanto, aproveite para comprar lembrancinhas ou conhecer um pouco mais das proximidades do seu local de hospedagem.

Se o voo for à noite, ainda dá tempo para visitar novamente um lugar que gostou ou que gostaria de passar mais tempo. Outra alternativa é incluir um local que ainda não tenha sido visitado.

O último dia é ideal para conhecer o que faltou na cidade e comprar souvenirs.

Considere os imprevistos

Ao fazer um roteiro de viagem, sempre se imagina que o sol brilhará durante toda a estada e que tudo será minuciosamente cumprido. Porém, imprevistos acontecem. Estar preparado para algum evento fora do roteiro evita estresse e irritação.

Um fator que pode incomodar alguns programas é a chuva. Praias, por exemplo, estão descartadas nessa condição. Por isso, sempre tenha um plano B, como um passeio cultural em um lugar fechado. O Museo Maya de Cancún é uma excelente opção.

Outros fatores que podem levar à alterações no programa são locomoção e aglomerações. Procure saber os horários de funcionamento de cada local e os de maior movimento.

Quer saber mais sobre a região e já programar sua viagem? Visite nosso site e conheça todas as opções de passeios para suas férias em Cancun. E boa viagem!

Publicado em

Roteiro de 6 dias em Cancun: o que fazer?

Cancun é um dos destinos preferidos para quem quer relaxar e se divertir ao mesmo tempo. Se seu sonho é conhecer esse lugar incrível, mas tem menos de uma semana, surge a dúvida: o que fazer em Cancun em 6 dias?

São mais de 20km de praias paradisíacas cercadas por resorts dos mais diferentes tipos e preços. Além da maravilhosa gastronomia, uma vida noturna agitada e parques naturais incríveis, é impossível não se encantar com a cidade.

Quase todos os resorts e hotéis oferecem aos hóspedes atividades extras, como piscinas, shows, jogos, passeios, entre outros. Ou seja, você pode aproveitar Cancun dentro e fora de sua hospedagem.

A cidade concentra inúmeras atividades para todos os gostos e idades. Para não deixar de conhecer os principais pontos turísticos desse lugar incrível, vamos apresentar abaixo uma lista do que fazer em Cancun em 6 dias.

Dia 1 – Aproveite o hotel

Uma viagem internacional costuma ser bastante cansativa, então, o ideal é não programar passeios importantes para o primeiro dia. Relaxar para aproveitar bem a viagem é fundamental.

Relaxar na piscina do hotel é ideal para começar o roteiro do que fazer em Cancun em 6 dias.

Como a maioria dos hotéis em Cancun funcionam no sistema all inclusive, e possuem diversas opções de entretenimento, uma dica é passar o dia conhecendo suas programações, aproveitando a piscina e descansando um pouco.

Hooters é uma das opções gastronômicas de Cancun.

Após o descanso, é hora de conhecer a Zona Hoteleira e seus encantos. É bom deixar para ir à uma das badaladas festas de Cancun no dia seguinte. Porém, nada impede uma ida a um dos maravilhosos restaurantes ou bares da região.

Dia 2 – Praias locais + Interactive Aquarium

A melhor opção para começar bem o roteiro do que fazer em Cancun em 6 dias é escolher uma das principais praias locais. Elas têm águas cristalinas e uma paisagem sensacional.

Playa Gaviota Azul está situada atrás do Plaza Forum.

Existem várias praias públicas em Cancun, ideal para quem não está hospedado em um hotel à beira-mar.

Uma boa pedida é a Playa Gaviota Azul, que está localizada atrás do Plaza Forum. Ela também conta com um clube, que oferece piscinas, vestiários com chuveiros, guarda-sóis, bar, restaurante e muita música com DJ’s.

Assistir ao show com golfinhos no Interactive Aquarium não pode faltar na lista do que fazer em Cancun em 6 dias.

À tarde é possível realizar um passeio mais tranquilo e conhecer o Interactive Aquarium, que possui uma grande variedade de vida marinha, com peixes, golfinhos, leões marinhos e tubarões.

Por estar localizado ao lado do Shopping La Isla Mall, você pode fazer umas comprinhas e conhecer a ótima gastronomia mexicana em um dos seus restaurantes.

Dia 3 – Jungle Tour + Coco Bongo

O ideal é reservar o terceiro dia para fortes emoções. Uma opção é o Jungle Tour, onde é possível dirigir seu próprio barco e conhecer Cancun por um ângulo totalmente diferente: do mar para a areia. O passeio tem duração aproximada de 2 horas e conta com uma parada para mergulho.

Para quem gosta de aventura, o Jungle Tour é uma ótima opção.

Cancun é o lugar da diversão e das baladas famosas. Não dá para pensar no que fazer em Cancun em 6 dias sem ir a uma delas. A Coco Bongo é a festa mais famosa da cidade e abre todos os dias. Suas noites são recheadas de shows, covers de pop stars americanos, atrações hollywoodianas e acrobacias.

Coco Bongo é uma das baladas mais famosas de Cancun.

A casa atrai públicos de todas as idades, pois existe a opção de curtir a noite na pista de dança ou em uma mesa assistindo ao show.

Dia 4 – Ventura Park + Cambalache

Cancun também tem opções mais radicais, como o Ventura Park. Esse parque de diversão conta com uma imensa variedade de atrações: montanha-russa, bungee-jumping, tirolesa, parque aquático, entre outros. Além disso, é considerado um dos complexos mais completos da cidade.

Outra opção radical é o Ventura Park.

É ótimo conhecer os pratos típicos de onde se está viajando, em Cancun não é diferente. Além da maravilhosa comida mexicana, é possível experimentar as famosas carne argentina no restaurante Cambalache. Os pratos são muito bem servidos e deliciosos. A variedade é grande, podendo escolher entre empanadas, polvos e bifes de chorizo.

O restaurante Cambalache oferece uma grande variedade de carnes, além de deliciosos pratos típicos mexicanos.

Dia 5 – Xplor + Señor Frog’s

O Xplor é um parque natural recheado de aventuras e não pode ficar fora da lista do que fazer em Cancun em 6 dias. Os turistas podem viver grandes aventuras praticando esportes radicais e ficando em contato com a natureza em grutas e cavernas. Os passeios podem ser feitos em veículos anfíbios, jeeps e botes.

O Parque Xplor é diversão garantida para quem curte muita adrenalina.

Para fechar o dia, existem diversos bares, restaurantes e baladas espalhados pela Zona Hoteleira de Cancun. Um dos mais famosos é o Señor Frog’s, um lugar bastante animado com bebidas únicas e gigantescas.

Noite no Señor Frog’s: as bebidas gigantes são sua marca.

Dia 6 – Isla Holbox + Mextreme

No último dia da lista do que fazer em Cancun em 6 dias é indispensável conhecer a ilha de pescadores Holbox. A 2 horas de Cancun, e acessível apenas de balsa ou de avião, esse lugar incrível fica na Reserva Natural de Yum Balam, com 35km de areias brancas e praias virgens.

A Isla Holbox em Cancun é um paraíso à parte.

Além da vista espetacular, outro atrativo da ilha é o nado com tubarões-baleia, um dos maiores animais marinhos do mundo.

A última pedida em Cancun não poderia ser diferente. Um ótimo lugar para se apaixonar e nunca mais esquecer os sabores mexicanos é no restaurante Mextreme. Lá é possível provar a famosa guacamole e as incríveis quesadillas.

Uma ótima pedida para o último dia é se deliciar com a culinária mexicana.

Agora que você já sabe o que fazer em Cancun em 6 dias, só falta comprar as passagens e viajar. Se você tem mais dicas de passeios, compartilhe com a gente nos comentários! Você também pode conhecer mais sobre Cancun com nosso Guia Especializado de Cancun e começar a programar sua viagem agora mesmo!

Publicado em

Coco Bongo: o lugar mais agitado de Cancún!

Quem gosta de festas e baladas, com certeza, já ouviu falar sobre a Coco Bongo Cancún, uma das boates mais famosas do México. Ela é conhecida em todo o mundo por suas noites agitadas repletas de atrações ao vivo e muita gente bonita.

Neste artigo, vamos apresentar a boate Coco Bongo, um lugar que você não pode deixar de conhecer quando for curtir o melhor da noite em Cancún.

Uma balada diferente

A Coco Bongo Cancún não é como a maioria das baladas que conhecemos, onde as pessoas passam a noite apenas dançando e apreciando uns bons drinks. Ela é conhecida como uma boate espetáculo, pois todas as noites têm apresentações ao vivo dignas de uma verdadeira Broadway mexicana.

O ambiente tem uma decoração única repleta de referências a filmes e celebridades.

Entre as apresentações estão acrobacias circenses, covers de artistas famosos, bandas e até reproduções de cenas de filmes.

Quem assistiu ao filme “O Máscara”, estrelado com Jim Carrey, com certeza se lembra da cena em que o protagonista dança com a mocinha Tina Carlyle, que é interpretada por Cameron Diaz. Nessa cena eles estão na boate Coco Bongo.

O filme foi um dos responsáveis por boa parte da fama que a boate tem hoje, e uma das atrações mais aguardadas da noite é justamente a do Máscara. Mas mesmo antes de aparecer em Hollywood a Coco Bongo Cancún já era bastante conhecida, sendo considerada pela CNN melhor do que as boates de Las Vegas.

Quem gosta de rock vai adorar o cover do Slash na Coco Bongo Cancún.

Tipos de ingressos

A Coco Bongo Cancún oferece dois tipos de ingressos: o Regular e o Gold Member. Com qualquer um dos ingressos você tem acesso ao open bar com bebidas como uísque, vodca, cerveja, sucos e refrigerantes.

Quem comprou um ingresso Regular deve ir ao bar para pedir as bebidas enquanto quem adquiriu um Gold Member pode chamar um garçom e ter as bebidas servidas na mesa.

Outra diferença é que o ingresso Regular permite pedir bebidas nacionais no open bar, já o Gold Member dá acesso a mais opções de bebidas, incluindo algumas importadas.

Apresentações circenses com acrobacias fazem parte das atrações da boate.

A melhor opção de ingresso vai depender de como você prefere curtir a balada. O ingresso Regular é a melhor opção para quem quer ficar na pista e curtir a noite dançando. Se você prefere apenas curtir as apresentações em uma mesa reservada enquanto degusta as bebidas, o melhor será a opção Gold Member.

Como comprar os ingressos

Existem três formas de comprar o seu ingresso para a Coco Bongo Cancún: pela internet, na porta da boate ou com um representante. Comprando pela internet você tem um desconto de U$5 em relação aos preços da porta da boate.

Se quiser mais vantagens e preços melhores, você pode negociar com a sua agência de viagem ou comprar um ingresso com um representante no hotel.

O ingresso Gold Member dá acesso a uma área reservada com visão privilegiada do palco.

Os valores são os seguintes:

Regular

• Segunda-feira a quarta-feira – U$70
• Quinta-feira a domingo – U$80

Gold Member

• Domingo a quinta-feira – U$130
• Sexta-feira e sábado – U$150

A Coco Bongo Cancún abre às 22h30 e você pode se divertir até as 3h30 da manhã. Quem gosta de curtir o melhor da noite não pode deixar de conhecer as suas excelentes atrações.

Quer saber mais sobre Cancún? Acompanhe os nossos posts para receber mais novidades. Compartilhe este artigo com os seus amigos nas redes sociais para que eles também possam conhecer o que há de melhor em Cancún.

Publicado em

10 razões para viajar para Cancún no próximo voo!

Viajar para Cancún é um sonho que muitas pessoas desejam realizar ainda neste ano.
Poder ver de perto as águas cristalinas, o mar azul e a belíssima flora do local é uma experiência única, especialmente para quem gosta de muita aventura e diversão.

Acompanhe este artigo para descobrir as principais atrações que fazem de Cancún um verdadeiro paraíso repleto de encantos e programe sua próxima viagem de férias com a gente!

10 razões para viajar para Cancún

Hoje, apresentaremos uma lista com dicas de passeios imperdíveis em Cancún, tudo para que você conheça o melhor da cultura, da gastronomia e dos costumes que fazem desse lugar um dos melhores destinos turísticos do mundo. Confira!

1 – Conhecer lugares históricos

Quem vai viajar para Cancún não pode deixar de conhecer as ruínas maias e os diversos sítios arqueológicos da cidade, como o Chichen-Itzá, um local que abriga muitos mistérios e histórias.

Chichen-Itzá foi a capital do povo maia e hoje é um dos principais sítios arqueológicos do México.

2 – Fazer ecoturismo

O que não falta em Cancún são parques e reservas naturais que permitem o contato direto com a fauna e flora locais. Um grande exemplo disso é o parque Xcaret que oferece, entre várias atrações, um belíssimo passeio por rios subterrâneos.

Quem gosta de curtir a natureza de perto vai adorar das atrações do parque Xcaret.

3 – Hospedagem em hotéis de altíssima qualidade

Cancún tem opções de hotéis para todos os gostos. Se estiver em uma viagem romântica, você pode escolher uma pousada bonita e aconchegante, porém, se for viajar para Cancún com a família, os resorts são perfeitos e garantem muito entretenimento para hóspedes de todas as idades.

Vai viajar para Cancún com a família? O Emporio Cancun é uma excelente opção de hospedagem.

4 – Conhecer os restaurantes de Cancún

Que tal experimentar o melhor da comida mexicana durante sua viagem por Cancún? Alguns restaurantes tradicionais, como o La Parrilla e o badalado Hard Rock Café, são paradas obrigatórias para quem deseja conhecer a culinária local e socializar com pessoas de todas as partes do mundo.

Em Cancún, você saboreia a autêntica comida mexicana em ambientes agradáveis e aconchegantes.

5 – Nadar com golfinhos

Em parques aquáticos como o Wet’n Wild Cancún, você e sua família viverão a experiência única de nadar com golfinhos, além de curtir as belas paisagens que circundam o local.

No Dolphinaris a diversão ao lado dos golfinhos não acaba.

6 – Praticar esportes radicais

O Parque Xplor na Playa del Carmen é um verdadeiro paraíso para quem gosta de adrenalina. Nele, é possível fazer passeios em veículos anfíbios, saltar de tirolesa, passear de jangada e muito mais.
Mai uma aventura imperdível que você não pode deixar de conferir quando for viajar para Cancún!

Os aventureiros poderão testar os seus limites nos parques de Cancún.

7 – Passeios românticos

Viajar para Cancún se tornou uma excelente opção para casais que desejam comemorar o aniversário de casamento ou a lua de mel em grande estilo. Além de visitar lugares belíssimos, é possível ter uma noite romântica em um cruzeiro, como o Lobster Dinner Columbus.

Imagine você e aquela pessoa especial em um jantar aproveitando juntinhos o clima “caliente” de Cancún?

8 – Conhecer um incrível museu subaquático

Inaugurado em 2009, o Museu Subaquático de Cancún é um verdadeiro espetáculo. Criado para mostrar como a arte e a ciência podem trabalhar juntas, ele conta com mais de 500 esculturas que são mantidas pela própria natureza.

No museu subaquático de Cancún é possível apreciar obras de arte de um jeito único.

9 – Fazer compras

Quem vai viajar para Cancún e gosta de fazer compras precisa conhecer o Kukulcán Plaza, um shopping que conta com lojas das maiores grifes do mundo, além de ser super espaçoso.

O Kukulcán Plaza é um dos shoppings mais badalados de Cancún.

10 – Curtir a vida noturna de Cancún

As baladas de Cancún são incríveis e as opções para quem quer curtir o melhor da noite mexicana não acabam. Você pode dançar muito e conferir apresentações ao vivo na Coco Bongo ou em uma pool party com muita azaração e gente bonita.

A balada Coco Bongo conta com diversas apresentações de música e dança ao vivo.

E aí? Ficou ou não ficou com vontade de viajar para Cancún e conhecer essas e outras atrações com sua família e amigos?

E se você já foi a Cancún, conte pra gente quais foram seus passeios favoritos e descubra mais opções de turismo para sua próxima viagem ao México em nosso blog!

Publicado em

Quanto custa uma viagem para Cancun?

Viajar para Cancun é um sonho que quase todo brasileiro tem, seja para curtir as baladas ou descansar em um local paradisíaco. Uma das barreiras enfrentadas por quem quer torna-lo realidade é não saber ao certo quanto custa uma viagem para Cancun.

A cidade está localizada na península de Yucatán, no Estado de Quintana Roo, no México, e vive basicamente de turismo. É referência em destinos de praia por conta do seu mar incrivelmente azul e pela sua grande variedade de atrativos, que encantam todos os estilos e idades.

Por ser um dos locais mais visitados no mundo, imagina-se que o preço das viagens seja exorbitante. Isso vai depender muito do tipo (econômica ou luxuosa) e da cotação do dólar no momento do planejamento.

Além disso, existem hotéis “all inclusive”, festas de mais de 70 dólares, restaurantes caríssimos, mergulhos em alto mar, que podem influenciar, e muito, o valor total de sua viagem.

Como saber quanto custa uma viagem para Cancun?

A primeira coisa que uma pessoa que viaja para o México deve saber é que a moeda local é o peso mexicano, e que em áreas turísticas o dólar americano também é bastante aceito.

No momento do pagamento de alguma compra em dólar, por exemplo, ele é convertido para pesos. O problema disso é a taxa de conversão utilizada, que nem sempre é vantajosa para o turista.

Então, uma boa dica é levar parte do dinheiro em dólar americano. Assim, se algum preço estiver disposto nessa moeda, seu poder de compra continua o mesmo, sem que parte dele seja perdido em uma conversão injusta.

Peso mexicano, uma das moeda que são utilizadas em Cancun.

Passagem Aérea

O maior gasto que uma pessoa tem em uma viagem com certeza é com a passagem aérea, que vai influenciar bastante a soma de quanto vai custar sua viagem para Cancun.

Segundo o Decolanet, um comparador de busca online de passagens aéreas, o custo médio de uma passagem saindo de São Paulo ou do Rio de Janeiro é de R$1.800,00. Esse valor pode ser parcelado em, no mínimo, 5 vezes sem juros em quase todas as companhias aéreas.

Os preços podem ser ainda maiores na alta temporada, principalmente nos meses de janeiro e julho, quando o valor médio das passagens sobre para R$2.300,00.

Como não existem voos diretos para Cancun saindo do Brasil, uma boa opção é optar por um voo com escala nos Estados Unidos. Com isso, você consegue visitar mais um lugar e fazer algumas compras. Porém, é necessário ter um visto norte-americano para realiza-la.

Durante a baixa ou média temporada é relativamente fácil encontrar promoções. Na alta isso não acontece, já que a maioria das pessoas só consegue viajar nessa época do ano.

Existe um período ideal para comprar passagens aéreas internacionais com economia. Isso costuma ser entre 30 e 60 dias antes da viagem na baixa temporada, e de 60 a 120 dias na alta temporada.

Passagem aérea é o que mais pesa na hora de calcular quanto custa uma viagem para Cancun.

Hospedagem

Durante o cálculo para saber quanto custa uma viagem para Cancun, deve-se ter em mente que esse será o segundo maior gasto em um orçamento.

A hospedagem em Cancun costuma ser barata, possibilitando que um hotel dos sonhos seja escolhido sem que isso prejudique o orçamento final.

Os hotéis all inclusive cobram a estada por pessoa, nos que não funcionam nesse sistema, os valores são por quarto. A diária custa, em média, R$300,00 em acomodações bastante confortáveis sem alimentação, e R$400,00 com refeições incluídas.

Em hotéis de médio conforto, algumas vezes chamados de econômicos, as diárias variam entre R$60,00 e R$100,00.

Só é vantajoso se hospedar em hotéis all inclusive se a pretensão do viajante for ficar dentro dele a maior parte do tempo. Senão, com certeza será um gasto desnecessário.

Vista do Hard Rock Cancun Hotel.

Transporte

Alugar um carro em Cancun é fundamental, quem não o faz quase sempre se arrepende. As pessoas que se hospedam na Zona Hoteleira têm tudo por perto, mas é uma distância que não dá pra percorrer a pé.

Também é extremamente desconfortável esperar em um ponto de ônibus no calor. Além do que, 1 ou 2 corridas de táxi acabam saindo pelo mesmo preço de 1 diária de carro.

Então, alugar um veículo pode proporcionar conforto, praticidade e economia aos viajantes e influenciar bastante no final quanto custará uma viagem para Cancun.

As diárias variam muito dependendo do tipo de veículo escolhido. O aluguel de um carro básico custa, em média, R$500,00 por semana. Já um SUV não sai por menos de R$700,00 para o mesmo período.

O ideal é alugar no próprio aeroporto, para já chegar em Cancun economizando. Fora do terminal existem vans de todas as locadoras que lá funcionam. O transporte até as lojas é gratuito e feito 24 horas por dia.

As locadoras que funcionam em Cancun são:

• Avis
• Hertz
• Europcar
• Budget
• Alamo
• Dollar
• National
• Thrifty

Se você está tenso em pensar quando vai custar uma viagem para Cancun se alugar um carro, também existem transportes públicos e táxis.

Para trajetos municipais ou intermunicipais (de Cancun para Playa del Carmen, por exemplo), existem ônibus e vans que cobram de 20 a 50 pesos por pessoa em cada trajeto.

Já os táxis cobram valores elevados. Porém, existe a possibilidade de “fechar” por um preço fixo e utilizá-lo durante um dia inteiro, fazendo várias paradas. Uma ida à Cobá, por exemplo, fica em torno de 1.500 pesos para 2 pessoas.

O táxi é um dos meios de se deslocar em Cancun.

Passeios

Os passeios que você quer fazer vão influenciar bastante quanto irá custar sua viagem para Cancun. A maioria é precificada em dólar por conta do grande número de visitantes norte-americanos. Isso encarece os gastos para os brasileiros por conta da cotação.

O valor da entrada para os cenotes (locais com águas subterrâneas) e sítios arqueológicos, como Cobá, Tulum e Chichén Itzá, são cobrados em pesos mexicanos. Os preços são baixos se você não contratar um guia para o passeio, que custa, em média, MXN 57,00.

Para ter tempo de realizar todos, é recomendável que sua viagem tenha, pelo menos, 7 dias de duração. Isso sem contar com os dias de chegada e de partida.

Sítio arqueológico Tulum, um dos passeios obrigatórios em Cancun.

Os valores podem variar bastante, principalmente porque alguns são cobrados em pesos mexicanos e outros em dólar. Além disso, realizar quase todos pode ficar um pouco caro.

É importante ter isso em mente na hora do planejamento, pois além da quantidade de passeios, seus adicionais e a moeda em que são cobrados, a variação cambial pode influenciar e muito o cálculo de quanto pode custar uma viagem para Cancun.

Quanto custa uma viagem para Cancun: Passeios

Separamos abaixo alguns passeios que você pode fazer. Assim, poderá ter uma ideia do quanto deverá levar em dólar e na moeda local.

Passeios cobrados em Pesos Mexicanos:
• Táxi aeroporto – Playa del Carmen (2 pessoas): MXN 900,00
• Aluguel de colete salva-vidas: MXN 100,00
• 2 cenotes em Cobá: MXN 160,00
• Ferry boat para Couzmel (ida e volta): MXN 300,00
• Entrada para Tulum: MXN 57,00
• Táxi Zona Hoteleira – aeroporto (2 pessoas): MXN 450,00
TOTAL: MXN 1.967,00

Passeios cobrados em Dólar:
• Mergulho em Cozumel: USD 75,00
• Passeio até Chichén Itzá em grupo: USD 59,00
• Ingresso Xcaret + refeição + equipamentos de mergulho: USD 129,00
TOTAL: USD 263,00

Chac-Mool, uma das praias públicas em Cancun.

Não existe a necessidade de realizar todos os passeios, o viajante pode fazer o que estiver dentro de seu orçamento. Além disso, não precisa “pirar” tentando saber quanto custa uma viagem para Cancun, pois muitas atrações são gratuitas, como aproveitar belas praias paradisíacas.

Grande parte da orla tem acesso restrito por conta dos hotéis, mas existem várias praias públicas, que normalmente são usadas por quem está hospedado na cidade. A diferença é que elas não costumam ter vendedores ambulantes ou algum tipo de comércio.

As praias públicas mais famosas de Cancun são:

• Playa Tortugas
• Playa Delfines
• Chac-Mool

Alimentação

Os preços das refeições não são tão diferentes dos encontrados no Brasil. Uma pessoa poderá gastar mais ou menos, dependendo do tipo de restaurante.

Felizmente, a falta de boas opções, caras ou baratas, não é um problema em Cancun. Existem diversos tipos na cidade, que vão desde redes de fast food até restaurantes exclusivos de chefs renomados.

É muito fácil encontrar um McDonald’s ou Outback por lá, mas também é incrível poder experimentar sabores locais. Os melhores restaurantes para saborear a comida mexicana são:

• La Parrilla
• The Surfin Burrito
• Hard Rock Café
• Natura
• Savio’s Bistro
• Lorenzillo´s

  • Porfirius
  • Bubba Gump Sherimp
  • Bovinos
  • Outback

Os preços variam bastante, influenciando e muito o quanto irá custar uma viagem para Cancun. Mas, em média, gasta-se de 300 a 400 pesos mexicanos (em torno de 20 dólares) por refeição para 2 pessoas.

É possível economizar consumindo apenas lanches, mas isso não é uma regra. Às vezes, essa opção pode acabar saindo mais cara do que uma refeição.

Uma dica é passar em supermercados e abastecer o frigobar do hotel para gastar pouco. Fazendo isso, você terá um gasto de mais ou menos 40 reais por dia com alimentação.

Prato de frutos do mar no restaurante Lorenzillo`s, em Cancun

Compras

É muito difícil dizer precisamente quanto custa uma viagem para Cancun quando o item “compras” é incluído no orçamento, já que é quase impossível realizar uma viagem e não adquirir algumas lembrancinhas. Ainda mais quando o destino escolhido está muito bem servido de opções.

O Kukulcán Plaza é um dos melhores shoppings de Cancun, reunindo lojas do comércio local e internacional. É nele que está localizada a famosa Luxury Avenue, uma galeria bastante refinada, com algumas das principais marcas de roupas e acessórios do mundo.

Outra opção bastante procurada por turistas é o La Isla Cancun Shopping Village, que é o lugar ideal para quem quer fazer compras durante a noite. O shopping conta com áreas abertas, canais de águas navegáveis, bares, restaurantes e lojas de grifes internacionais.

Shopping La Isla, um dos centros de compras em Cancun.

Vida noturna

Muitas pessoas vão até Cancun para participar de suas famosas festas. Existem diversas opções de casas noturnas e bares para todos os gostos. Eles se concentram na Zona Hoteleira, mais precisamente entre os quilômetros 8 e 10.

Ir ou não a uma balada pode influenciar drasticamente o cálculo de quanto irá custar sua viagem para Cancun, pois a entrada das boates costuma variar entre 40 e 70 dólares. Todas funcionam no formato open bar até às 3 horas da manhã.

As opções mais agitadas são:

• The City
• Dady’o
• Mandala
• Coco Bongo

Porém, também existem bares mais tranquilos, onde é possível terminar a noite sem grandes agitos, como:

• Señor Frog’s
• Hard Rock Café
• Carlos and Charlie’s

Dady’o é uma das baladas mais famosas de Cancun e sempre recebe DJs internacionais.

Cálculo final para saber quanto custa uma viagem para Cancun

Independente de uma viagem a Cancun ser no estilo econômico ou confortável, é possível aproveitar muito da cidade mexicana.

Abaixo estão listados dois tipos de orçamento: um para viagens econômicas e outro para quem pretende gastar um pouco mais. Lembre-se que não é necessário seguir a lista à risca, ela é apenas para nortear os cálculos e para deixar mais claro quanto pode custar uma viagem para Cancun.

Tabela de gastos, levando em conta uma cotação de: US$1 = R$3,14.

Vale lembrar que o valor da hospedagem pode ser divido por 2, pois os preços são dados para quartos duplos. Além disso, os gastos variáveis podem ser cortados conforme o decorrer da viagem ou por conta do perfil do viajante.

Publicado em

Playa del Carmen: as melhores atrações desse verdadeiro paraíso

Os dois destinos mais procurados do México são Cancún e Playa del Carmen. Apesar de um pouco menos conhecido, o segundo vem ganhando destaque por ser paradisíaca e muito tranquila.

A cidade se localiza na Riviera Maia, 50 km ao sul de Cancún, e há várias opções para ir diretamente do Aeroporto Internacional de Cancún para lá, incluindo ônibus, táxi, van e transfer da companhia de viagem. Chegando lá, é hora de curtir!

Playa del Carmen para quem gosta de relaxar

Se Cancún é um local badalado, Playa del Carmen, por sua vez, é perfeita para quem quer usar as férias para relaxar. Por isso, as belezas naturais da região são dignas de serem conhecidas.

O balneário tem diversos cenotes, que são pequenas piscinas naturais dentro de cavidades e cavernas, onde se pode nadar e explorar com um snorkel.

Cenote próximo ao balneário.

Na praia de Akumal você pode nadar com as tartarugas, passear de lancha ou apenas deitar para se bronzear em meio aos coqueiros.

Playa de Akumal.

Outras praias imperdíveis na região são Mamitas, onde se localiza o clube Kool by Playa, Coco, Palms, Shangri-lá, além, é claro, da própria Playa del Carmen, que tem águas esverdeadas, cor de esmeralda.

A praia que dá nome ao balneário.

A partir de Playa del Carmen é possível ir de ferry boat até dois locais deslumbrantes: Isla Mujeres e Cozumel. Ambos são locais de águas calmas, cristalinas e quentes, além de mar raso, muito convidativo para um mergulho. Em Isla Mujeres há, inclusive, um museu aquático com esculturas.

Isla Mujeres e sua vista paradisíaca.

Para ficar ainda mais em contato com a natureza, há o parque ecológico Xcaret, a seis quilômetros de Playa del Carmen. Por conta dos diversos animais no ambiente, é um ótimo local para se visitar com crianças.

Parque ecológico Xcaret.

E que tal um pouco de história? Se o passado o fascina, a dica é visitar o parque de Chichén Itzá, que foi a capital do império maia. Lá, é possível observar pirâmides escalonadas – em degraus – e outros tesouros do sítio arqueológico.

Agitação em Playa del Carmen

Não é só de tranquilidade que há na região. Apesar de em menor quantidade, também encontra-se badalação no local.

O ponto central da cidade é a 5ª Avenida, onde se localizam os restaurantes, lojas e bares. No Quinta Alegria Mall e no Paseo del Carmen Shopping Plaza é possível encontrar várias grifes. Os hotéis mais bem localizados são aqueles mais próximos da 5ª Avenida.

A 5ª Avenida e suas diversas opções de compras e restaurantes.

A vida noturna pode não ser tão agitada quanto a de Cancún, mas não faz feio. Há ótimas boates, como a Coco Bongo e a Mandala, os bares Blue Parrot e Señor Frog’s, e os restaurantes Fusion e Yaxche, este último especializado em cozinha maia!

Quer curtir durante o dia? As opções são os beach clubs, metade clubes, metade resorts, como o Mamita’s Beach Club, que é o mais famoso, e também o Wah Wah Beach Bar, o Kool e o Coralina Daylight Club.

Beach club com um visual memorável e inesquecível.

Há opções para todos os gostos em Playa del Carmen, um dos destinos mais paradisíacos do México. Se você ficou interessado em conhecer estas lindas atrações, entre em contato conosco!

Continue seguindo nossas publicações para descobrir mais opções de Cancun! Até a próxima!